Ir para o conteúdo
Prefeitura Municipal de Curitiba Acessibilidade 156 Acesso à informação
Sem aglomerações

UPAs ganham espaços externos para atendimento de casos respiratórios

Tenda do exército montada na área externa da UPA Boa Vista, para atendimento de pacientes com sintomas respiratórios. Curitiba, 24/03/2020. Foto: Luiz Costa/SMCS

 

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) adotou mudanças no fluxo de atendimento de cinco Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) para os pacientes com quadros respiratórios. A medida faz parte do Plano de Contingência de combate ao novo coronavírus na cidade, que vem sendo implementado em etapas.

Das nove UPAs da cidade, quatro (Boqueirão, Boa Vista, Cajuru e Sítio Cercado) terão tendas do Exército Brasileiro, na área externa, para atendimento de pacientes com sintomas respiratórios. As tendas e os equipamentos estão em instalação.

Na UPA Pinheirinho os pacientes com sintomas respiratórios serão atendidos na Escola Municipal de Educação Especial Maria Cândida Fankin Abrão, que fica ao lado da unidade e está com as aulas suspensas.

Nas demais UPAs (Tatuquara, CIC, Campo Comprido e Fazendinha), o atendimento continuará em ambientes separados internamente.

“O quadro respiratório é um dos sintomas da covid-19 e, por precaução e proteção da população, a Secretaria Municipal da Saúde determinou essa mudança no fluxo do atendimento. Isso também evita aglomerações, além do contato com pacientes com outras demandas de saúde”, explica o diretor do Departamento de Urgência e Emergência da SMS, Pedro Almeida.

Na frente de cada uma dessas cinco UPAs profissionais fazem a primeira abordagem para orientar o atendimento.