Ir para o conteúdo
Prefeitura Municipal de Curitiba Acessibilidade 156 Acesso à informação
Saúde mais forte

Solidariedade e gratidão motivam doações a unidades da Feas

Brasileira Lopes, enfermeira aposentada, produziu máscaras e doou 100 delas para o Hospital do Idoso. Foto: Divulgação

 

Ações de solidariedade e gratidão estão beneficiando o Hospital Municipal do Idoso, as UPAs e outras unidades da Fundação Estatal de Atenção em Saúde (Feas). Seja pela doação de equipamentos de proteção individual (EPIs) para reforçar os estoques ou de “mimos”, como pizzas, bolos, doces e hortaliças, para agradecer aos profissionais pelo seu trabalho, a fundação tem colecionado demonstrações de carinho.

Dados do Comitê de Enfrentamento à Covid da Feas, e das próprias unidades, contabilizam a doação de mais 4,5 mil máscaras cirúrgicas descartáveis, mil protetores faciais 'face shield' (de acrílico), mil máscaras de pano (direcionadas a funcionários administrativos e pacientes em alta), 36 máscaras N-95, 200 litros de álcool líquido 70%, 25 caixas de luvas, 200 aventais descartáveis e mil extensores de máscara.

Contêineres

A Feas recebeu ainda a doação de dois contêineres da empresa My Box. Uma unidade está sendo usada como estoque de EPIs e outro virou consultório provisório para casos de Covid na UPA Tatuquara. Esta UPA também recebeu a doação de nove aquecedores elétricos da empresa Cadence/New Brands para ambientes internos e o empréstimo de dois aquecedores externos a gás pelo empresário Beto Madalosso.

Uma ação entre professores da Faculdades Santa Cruz também arrecadou centenas de produtos de higiene pessoal para os pacientes que aguardam vagas em instituições asilares e que estão sendo atendidos pela Maternidade Bairro Novo.

Exemplos

As doações vieram da comunidade, empresários e instituições sociais. Brasileira Lopes, uma enfermeira aposentada, está entre os doadores. Com a intenção de fazer algo para ajudar a combater a pandemia, tirou a máquina de costura do ármario e um antigo rolo de TNT (tipo de tecido) e começou a produzir máscaras. Doou 100 unidades, no início de maio, ao Hospital Municipal do Idoso Zilda Arns.

“Escolhi o Hospital do Idoso para doar porque trabalhei com a doutora Zilda Arns por dez anos na Pastoral da Criança, então tenho um carinho especial pela instituição”, conta Brasileira.

A empresa paulista TROX Techniki, de equipamentos e sistemas de ar condicionado e ventilação, fez a doação nesta terça-feira (19/5) de 100 litros de álcool 70% e 1500 máscaras cirúrgicas.

Vaquinha

Outro exemplo de solidariedade foi o de alunos da Escola Internacional de Curitiba. Uma vaquinha on-line liderada pelo estudante Vinicius Possobom, para o Hospital do Idoso, já arrecadou R$ 30 mil.

A campanha virtual de arrecadação termina no dia 1º de julho e quem quiser contribuir deve acessar este link.