Ir para o conteúdo
Prefeitura Municipal de Curitiba Acessibilidade 156 Acesso à informação
Trânsito

Setran instala novos semáforos e moderniza atendimento ao público

Novos semáforos nos bairros Novo Mundo e Água Verde. Foto: Luiz Costa /SMCS.

 

A Superintendência de Trânsito (Setran) ampliou de 60% para 85% a quantidade de equipamentos semafóricos interligados ao Centro de Controle de Operações (CCO) ao longo de 2019. O espaço também faz o monitoramento em tempo real, com câmeras, do fluxo de veículos e do deslocamento do transporte coletivo. 

“Conectado ao CCO, o semáforo que apresenta alguma falha técnica é reparado de forma remota, em até 15 minutos”, informa o secretário municipal de Defesa Social e Trânsito, Guilherme Rangel. Desta forma, também é possível fazer a alteração de abertura e fechamento dos semáforos, quando necessário.

No caso dos chamados semáforos isolados – que ainda não são conectados ao CCO e que, por isso, precisam do deslocamento de uma equipe até o local – o reparo tem o tempo médio de uma hora, a partir do recebimento do chamado pela equipe da Setran responsável. 

Em 2019, a Setran também implantou 20 novos semáforos pela cidade, após estudos de viabilidade técnica. A medida organiza melhor o fluxo de veículos e pedestres, ampliando a segurança viária.

 

Entre eles, está o equipamento da Avenida Toaldo Túlio, entre as ruas José Risseto e Boltolo Paulin, em Santa Felicidade. A reivindicação pelo semáforo foi eleita em 2019 pelo Fala Curitiba, como uma das cinco principais mudanças para o bairro. 

No local havia uma travessia elevada, que segundo relato de moradores, não era respeitada pelos motoristas. O cruzamento possui trânsito intenso, com média de circulação que chega a 1,5 mil veículos por hora. 

Frentista há sete anos em um posto em frente ao semáforo, Mauro José da Silva Filho conta que antes da instalação do equipamento, os acidentes de trânsito eram frequentes.

“Agora essa realidade mudou, os veículos reduziram a velocidade. A travessia dos pedestres também ficou mais segura, com o sinal que avisa quando podem atravessar”, comenta. A comunidade aponta que o sinaleiro também melhorou a travessia de ciclistas. 

Modernização no atendimento

No atendimento ao público, a Setran continua evoluindo, após adotar novas medidas de gestão. Foram implementados os atendimentos on-line para procedimentos diversos, como indicação de condutor, apresentação de defesa de autuação e recurso à Junta Administrativa de Recursos de Infração (Jari) e ao Conselho Estadual de Trânsito (Cetran). 

Hoje, 15% do total de atendimentos ao público já é feito de maneira on-line. Além disso, 80% das indicações on-line de condutor têm resposta imediata. Outros 20%, na média de 46 dias. “No processo físico, o tempo médio de resposta era de 379 dias”, conta o secretário Rangel. 

E, pelo sistema implantado, a resposta da defesa de autuação, no processo digital, está sendo dada em 68 dias. A espera costumava ser de 655 dias, no processo físico.

Leia mais