Prefeitura Municipal de Curitiba 156 Acesso à informação
Ação Social

Novo presidente da FAS quer fazer de Curitiba uma cidade mais justa

Prefeito Rafael Greca, dá posse a Thiago Ferro, na presidência da Fundação de Ação Social (FAS). Curitiba, 19/02/2019. Foto: Pedro Ribas/SMCS

O vereador licenciado Thiago Kronit Ferro é o novo presidente da Fundação de Ação Social (FAS) - o órgão vinculado à administração municipal que promove as políticas da assistência social e do trabalho e emprego no município. Ele foi empossado nesta terça-feira (19/2), no Salão de Atos do Parque Barigui, em solenidade presidida pelo prefeito Rafael Greca. O novo presidente afirmou que quer fazer de Curitiba "uma cidade mais justa".

Ferro assume o posto ocupado desde agosto de 2017 pela assistente social e servidora de carreira aposentada Elenice Malzoni, que passa a responder pela Assessoria de Políticas para as Mulheres da Prefeitura de Curitiba. Na Câmara, a vaga de Ferro será ocupada por Edson do Parolin.

 Desafios e expectativas 

“Estamos gratificados com a presença do Thiago Ferro, que fomos buscar na Câmara Municipal devido à valiosíssima contribuição que ele deu à cidade”, disse Greca ao dar posse a Ferro.  

O prefeito destacou os múltiplos papéis e desafios da FAS que esperam pelo novo presidente do órgão. “É preciso libertar da condição adversa, reerguer, promover oportunidades profissionalizantes, levar a verdadeira cidadania para homens, mulheres, crianças, adolescentes e idosos que precisam desse incansável trabalho, a exemplo do que fazem as equipes do Resgate Social. Foi para isso que a primeira-dama, Margarita Sansone, criou a FAS há 25 anos”, frisou Greca. 

Thiago Ferro destacou o empenho em corresponder ao trabalho que o espera. “A responsabilidade é grande. Quero servir à cidade e a cada servidor que se dedica a quem mais precisa. Inspirado em Margarita Sansone, quero trabalhar com excelência para fazer de Curitiba uma cidade mais justa”, declarou. 

Estrutura

A FAS é um complexo de unidades de atendimento, entre as quais estão os centros de referência de atendimento básico e especializado, espaços de atividades para idosos, unidades de atendimento para pessoas em situação de rua e de pernoite, espaços de acolhimento institucional específicos para crianças, adolescentes e idosos, Casa da Acolhida e do Regresso (para atender migrantes) e Centro de Encaminhamento Social, além de liceus de ofícios e postos do Sine.  

Cerca de 140 mil famílias estão cadastradas para acessar os programas sociais e usam um ou mais serviços simultaneamente.

Experiência 

Formado em Comunicação Social/Rádio e TV pela Universidade Tuiuti do Paraná e bispo da igreja evangélica Sara Nossa Terra, Ferro nasceu em Goiânia há 40 anos. Cumpria seu primeiro mandato eletivo quando foi convidado por Greca para presidir a FAS. Na Câmara Municipal, integrou a Comissão de Acessibilidade e Direitos da Pessoa com Deficiência. 

Conselheiros empossados

No mesmo evento, foram empossados os 30 novos membros titulares e suplentes do Conselho Municipal do Emprego e Relações do Trabalho (CMERT) para o triênio 2019-2021. O órgão foi criado por Greca em sua primeira gestão como prefeito de Curitiba, há 23 anos, e prevê o rodízio de representantes indicados pelas três bancadas que o compõem: governamental, de trabalhadores e empresarial.

O CMERT é atualmente presidido por Cassiano Ricardo Régis, da bancada dos empregadores. Dirigente da Associação Comercial do Paraná (ACP), ele deixará a presidência da entidade em março, depois de um ano de mandato. O novo presidente será escolhido na próxima reunião ordinária do colegiado, no dia 14 de março, e virá da bancada governamental. Ele ficará no cargo até 2020, quando assumirá o representante da bancada dos trabalhadores.  

Presenças

Participaram das solenidades de posse do novo presidente da FAS e da nova composição do CMERT o vice-prefeito, Eduardo Pimentel; o presidente da Câmara Municipal, Sabino Picolo; a procuradora-geral do município, Vanessa Volpi; o pai e a mulher do novo presidente da FAS, Cirino Ferro (presidente de Conselho de Ministros do Evangelho do Estado do Paraná) e Amanda Ferro; padre José Aparecido Pinto (diretor-geral da organização da sociedade civil Ação Social do Paraná); o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Péricles de Matos; vereadores e secretários da administração municipal.