Ir para o conteúdo
Prefeitura Municipal de Curitiba Acessibilidade 156 Acesso à informação
Conservação do patrimônio

Imóveis históricos são recuperados na primeira etapa do Rosto da Cidade

Equipes contratadas pela Prefeitura de Curitiba já atuam na primeira etapa do programa Rosto da Cidade, que visa restaurar as fachadas de prédios históricos do Centro de Curitiba. - Na imagem, Centro Histórico. Foto: Luiz Costa/SMCS

Equipes contratadas pela Prefeitura de Curitiba já atuam na primeira etapa do programa Rosto da Cidade, que visa restaurar as fachadas de prédios históricos do Centro de Curitiba. O trabalho consiste, ainda, na aplicação de um produto que facilita a remoção de pichação. O programa trata-se de uma ação conjunta desenvolvida pelo Ippuc, em parceria com a Fundação Cultural e das secretarias municipais do Meio Ambiente e de Obras Públicas.

Nesta primeira fase estão contemplados 14 imóveis do município, além das trincheiras da Travessa Nestor de Castro e da Rua 13 de Maio. Agora em março estão em andamento os serviços no portal do Cemitério Municipal São Francisco de Paula, na Cinemateca de Curitiba e na Casa da Memória, todos os endereços ficam na região central da cidade.

“Vamos varrer da paisagem de Curitiba a estética do mal, do medo e da droga”, disse o prefeito Rafael Greca em uma postagem em sua página no Facebook sobre o início dos serviços.

O prefeito destacou, ainda, a aprovação na Câmara Municipal da lei que regulamenta o projeto. “Estamos autorizados a restaurar as fachadas e revestir com resina antipichação todos os prédios históricos, inclusive edificações particulares, e até túmulos dos cemitérios municipais – de interesse de preservação”, prosseguiu.

Com 29 votos favoráveis, nesta segunda-feira (11/3), o plenário da Câmara aprovou em primeiro turno a proposta do Poder Executivo. Idealizado pelo prefeito Rafael Greca, o programa vai recuperar imóveis em uma área de dois quilômetros quadrados do setor histórico e área central. A previsão de investimentos nos trabalhos é de cerca de R$ 5 milhões.

Na prática

A Igreja do Rosário, no Largo da Ordem, um dos palcos do lançamento do programa, ainda em novembro do ano passado, já precisou de uma ação de despiche, facilitada em razão da aplicação da resina em sua fachada. A limpeza aconteceu no início do mês de dezembro.

Em seis etapas de execução, o Rosto da Cidade envolve revitalização de prédios públicos e privados de interesse histórico e melhorias na acessibilidade, paisagismo e iluminação pública. Ainda devem ser atendidas as regiões do Largo da Ordem, Praça Tiradentes, Rua Trajano Reis, praças Osório e Rui Barbosa.

LEIA MAIS:

Adesão

Os proprietários de imóveis interessados em fazer parte do programa deverão fazer o cadastro no site www.curitiba.pr.gov.br/rostodacidade e protocolar o termo de adesão na Prefeitura, no núcleo da Secretaria Municipal do Meio Ambiente na Rua da Cidadania da Matriz ou na sede da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, na Avenida Manoel Ribas, 2.727.