Ir para o conteúdo
Prefeitura Municipal de Curitiba Acessibilidade Curitiba-Ouve 156 Acesso à informação
Alimentação

Armazém da Família

ATENÇÃO

Medidas tomadas para o enfrentamento ao novo coronavírus: 

Considerando o disposto no Decreto Municipal nº 421 de 16 de março de 2020, que declara situação de emergência em saúde pública no Município de Curitiba;

O disposto no Decreto Municipal nº 430 de 18 de março de 2020;

O disposto na Portaria Conjunta SMSAN e SMAP de 20 de março de 2020;

O disposto na Portaria nº 10 de 02 de abril de 2020;

A Lei n° 15.637 de 26 de maio de 2020 que altera a Lei nº 7.462, de 23 de maio de 1990, que "Cria o Fundo de Abastecimento Alimentar de Curitiba";

Lei Estadual nº 4942 de 30 de junho de 2020.

Em relação ao cadastramento e renovações:

Como medidas de enfrentamento ao novo coronavírus, a partir da data de 23/03/2020 o atendimento presencial (Rua da Cidadania), para orientações sobre o Cadastro do Armazém da Família está SUSPENSO.

A solicitação ou renovação do cadastro do Armazém da família deverá ser feita pelo site https://portalsmab.curitiba.pr.gov.br. Este serviço pode ser acessado através de um computador, tablet ou telefone celular com acesso a internet, em qualquer horário e dia da semana.

Para sanar dúvidas, favor entrar em contato com o suporte ao usuário através do telefone 3350-3890 (segunda a sexta-feira, das 8h às 17h30), ou através do e-mail suportecadastro@curitiba.pr.gov.br.

Em relação as compras:

Todos deverão respeitar um metro e meio (1,5m) de distância entre os usuários dentro das unidades;

Circulação máxima de pessoas dentro do armazém: 30% da capacidade;

Senhas serão distribuídas das 08h30 às 16h de terça-feira a sexta-feira e aos sábados das 8h30às 11h30, não sendo permitida a formação de fila antes desse horário nem aglomeração de pessoas nas imediações;

Entrada de apenas 01 (uma) pessoa por cadastro;

Proibição de entrada de menores de 12 anos;

Os IDOSOS, estão ORIENTADOS a não sair de casa e devem enviar QUALQUER PESSOA de sua CONFIANÇA, portando  RG do autorizado e RG do idoso para fazer a compra.

Sobre o Armazém da Família

Armazém da Família é um programa de Segurança Alimentar e Nutricional, gerenciado pela Secretaria Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional da Prefeitura de Curitiba, que oferece alimentos básicos e de primeira necessidade, produtos de limpeza e higiene pessoal, a preços em média 30% mais baixos que no mercado.

Atende famílias com renda bruta mensal de até cinco salários-mínimos (referência nacional), residentes em Curitiba e em alguns municípios conveniados da Região Metropolitana, além de entidades sociais curitibanas.

Para participar do programa, o interessado deve ser maior de 18 anos. Seu cadastro é todo feito pela internet, do smartphone (celular) ou de um computador.

Para efetivar seu cadastro, clique aqui, e  preencha as informações necessárias e encaminhe os documentos solicitados.

Documentos necessários:

** Enviar os documentos de todos os membros da família ou moradores na mesma residência.

  • Comprovante atualizado de endereço em nome de um dos cônjuges (Luz, Água ou Telefone Fixo) com data de no máximo 3 meses;
  • Carteira de Identidade (frente e verso, obrigatório para maiores de 18 anos);
  • CPF (obrigatório para maiores de 18 anos);
  • Certidão de divórcio (ou de óbito do cônjuge  ou dependente se for necessário);
  • Carteira de Trabalho (deve ser enviado a foto da primeira e segunda página com os seus dados pessoais e também da folha onde consta o último registro e a próxima em branco, obrigatório para maiores de 18 anos). No caso do documento digital, deve ser enviado para avaliação o arquivo completo dos dados, em PDF, gerado pelo aplicativo ou pelo site da carteira de trabalho digital.
  • Comprovante de renda (holerite ou contra cheque);
  • Declaração de Ajuste Anual de Imposto de Renda, se declarante DIRPF (recibo e declaração completa das informações prestadas ao Fisco, aproximadamente 7 folhas);
  • Se estiver recebendo Seguro Desemprego, apresentar comprovante;
  • Se Aposentado/Pensionista/Auxílio Doença, apresentar Demonstrativo de Crédito de Benefício do INSS (https://meu.inss.gov.br/central/index.html#/);
  • Dos filhos menores apresentar a Certidão de Nascimento ou Carteira de Identidade;

Atenção! Caso a pessoa tenha participação como Pessoa Jurídica em alguma Empresa, deverá anexar documentos comprobatórios da renda obtida, tais como: Declaração Anual de Micro Empreendedor Individual (MEI), demais empresas do Simples Nacional, apresentar a Declaração Completa de Informações Socioeconômicas e Fiscais (DEFIS), profissionais liberais apresentar Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos (DECORE), e em caso de inatividade da Empresa, apresentar Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais (DCTF).

O cadastro, protegido por senha escolhida pelo titular, é analisado pelos servidores da Secretaria Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional, que faz a gestão do programa, em até três dias úteis. O usuário vai receber via e-mail a confirmação ou não à sua aprovação. Se a resposta for positiva, já pode começar a desfrutar dos benefícios do programa. 

Cadastro para produtos de dieta especial

Para solicitar o cadastro indicando que necessita de produtos de Dieta Especial - DIESP relacionados à doença celíaca ou sensibilidade ao glúten, intolerância à lactose, alergia à proteína do leite e diabetes, deverá anexar no cadastro a imagem de um documento médico comprobatório (declaração com carimbo medico e CID ), além do comprovante de residência, RG e CPF. Não é necessário anexar outros documentos.

Cadastro com declaração de situação financeira instável

Para solicitar o cadastro declarando que foi economicamente afetado pela pandemia COVID 19 e que está em situação financeira instável, deverão ser anexados o comprovante de residência, RG e CPF, e a Declaração de Insuficiência de Recursos Financeiros (clique aqui). 

A declaração deverá ser impressa e assinada. Ou, na falta de impressora, a declaração deve ser copiada na íntegra, a próprio punho. Após preenchida e assinada, deverá ser anexada no campo Documentos/Declaração de insuficiência. Não sendo necessário anexação de outros documentos.

Cadastramento para servidores municipais de Curitiba

Aos servidores da administração pública direta, autárquica e fundacional do Município de Curitiba que recebem até cinco salários mínimos mensais, considerando o cômputo exclusivo do vencimento básico, já possuem acesso as unidades de vendas, juntamente com a composição familiar informada na Secretaria de Administração e de Gestão de Pessoal.

Documentos necessários para entidades sociais:

** Entregar documentação junto ao Núcleo Regional de Secretaria de Segurança Alimentar e Nutricional. 
  • Estatuto Social que demonstre que a entidade possui sede em Curitiba e que se trata de pessoa jurídica sem fins lucrativos;
  • Comprovante de registro no Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS) ou no Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Curitiba (COMTIBA) ou no Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa (CMDPI), ou o ateste da chefia do núcleo regional de Secretaria Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional, através de visita técnica à instituição, de que a entidade desenvolve trabalho relevante na área de saúde, educação ou segurança alimentar para a população em situação de vulnerabilidade social do município;
  • Ata da eleição de diretoria em exercício;
  • Cópia do RG e CPF do Presidente e Tesoureiro da entidade;
  • Declaração, firmada por seu representante legal, de que desenvolve ações assistenciais e de que os beneficiários possuem renda familiar mensal de até cinco salários mínimos.

Atenção! O cadastramento de entidades sociais está condicionado à visita técnica da chefia do núcleo regional de Secretaria de Segurança Alimentar e Nutricional, correspondente a localização de sua Sede ou de onde desenvolve suas ações, abrangendo entrevistas à beneficiários, se necessário.

Havendo mudanças na forma de operação da instituição, finalidade e/ou clientela foco, deve ser comunicado imediatamente à Secretaria Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional.

Dinheiro ou cartões

No momento da compra, o usuário só precisa informar o número do CPF e se identificar com a Carteira de Identidade ou a Carteira Nacional de Habilitação.

O pagamento das compras poderá ser realizado nas seguintes modalidades:

  • Em dinheiro;
  • Cartões de débito (Visa Electron, Maestro, Elo);
  • Cartão de crédito (Visa, MasterCard, Elo, Hipercard, American Express), em parcela única no vencimento de sua fatura, e sem incidência de juros por parte da SMSAN. Em caso de dúvida, sobre qualquer taxa financeira adicional, verifique junto a sua administradora de cartão;
  • Cartão Qualidade (servidores da Prefeitura);
  • Cartões-alimentação: Abrapetite, Brasil Convênio, Personal card, TrioCard, Life e Sulcard.

As unidades do Armazém da Família

As 34 lojas do Armazém da Família estão distribuídas em diferentes bairros de Curitiba, a fim de facilitar o acesso de seu público-alvo. Para verificar a localização e o horário de funcionamento de cada unidade, consulte a relação no final deste texto.

Tabela de preços dos produtos

Para acompanhar os preços dos produtos disponibilizados, semanalmente, nas lojas dos Armazéns da Família, clique aqui.

Dez cidades parceiras

Na Região Metropolitana de Curitiba, os Armazéns da Família funcionam em oito cidades: em Almirante Tamandaré, Pinhais, São José dos Pinhais, Bocaiúva do Sul, Agudos do Sul, Mandirituba, Colombo e Campo Magro, o atendimento é feito por unidades conveniadas próprias (administradas pelos municípios). Os moradores de Quatro Barras e Fazenda Rio Grande podem comprar nas 34 unidades de Curitiba.

Os cidadãos dos municípios metropolitanos conveniados devem procurar os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) que funcionam em suas cidades, para conhecer as normas e formas de cadastramento locais, estabelecidas de acordo com cada realidade.

 

Departamento: Promoção e Economia Alimentar

Secretaria Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional

Locais de Atendimento

Os locais de atendimento são equipamentos urbanos utilizados ou pertencentes à cidade.