Ir para o conteúdo
Prefeitura Municipal de Curitiba Acessibilidade 156 Acesso à informação
2 anos de trabalho

Veja as ações desenvolvidas para impulsionar o turismo

Em outubro, foi lançado o mapa turístico para crianças “Curta Curitiba Piazada”. Informativo e lúdico, o guia infantil é gratuito e traz, em um dos lados, um mapa de tesouro com divertidos desenhos de atrações da capital. Foto: Daniel Castellano / SMCS

Em 2017, o Instituto Municipal de Turismo buscou reestruturar o órgão, requalificar servidores e profissionais da área, ouvir às demandas do segmento e planejar as ações para o crescimento sustentável do turismo de lazer e negócios de Curitiba.

Uma das iniciativas foi a criação do CuritiBéra, programa para evidenciar a crescente vocação da capital como centro produtor de cervejas artesanais, com eventos e roteiro de degustação.

Com a casa em ordem em 2018 o Instituto pode dar continuidade a uma série de ações.

Saiba mais sobre elas:

Capacitações todo o ano

  • O Instituto Municipal de Turismo promoveu, em 2018, 53 capacitações a cerca de 1,5 mil pessoas, entre servidores da Prefeitura, guardas municipais, agentes de viagem, guias de turismo, taxistas e profissionais de comunicação especializados. As formas de interação foram as mais variadas: palestras, oficinas, visitas técnicas e city tours. O órgão ligado à Prefeitura apoiou ainda treinamentos de entidades como Sebrae-PR e Convention&Visitors Bureau.

Melhoria a infraestrutura turística

  • Entre janeiro e julho, foram realizadas renovações nos cinco Postos de Atendimento ao Turista (PIT’s) da Prefeitura, com reformas estruturais e instalação de novos equipamentos. Funcionários e estagiários passaram por capacitações para que esses pudessem prestar melhores serviços de atendimento aos turistas.
  • Na Torre Panorâmica de Curitiba, que conta com um dos PIT´s, foram instalados bancos de espera para os turistas e ombrelones na entrada para protegê-los do sol e da chuva em área descoberta. Nova pintura foi realizada e floreiras foram colocadas no local. O quadro de atendentes foi ampliado e foram disponibilizados novos uniformes e rádios de comunicação de segurança.
  • Em parceria com o Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc)  foi apresentado estudo de viabilidade para melhorias nos banheiros da Torre Panorâmica com o objetivo principal de torná-los acessíveis. A execução deve ocorrer em 2019.
  • No posto de informações turísticas do Jardim Botânico houve integração com o trabalho do Posto da Guarda Municipal.
  • Instalação de 32 placas de sinalização turística viária em diversos pontos da cidade e projeção de colocação de mais 19 placas do mesmo padrão para o ano de 2019.

Atenção ao turista

  • Em março, foi lançado o tour gratuito “Caminhada Turística”, que percorre o Centro Histórico da capital durante duas horas.  O passeio começa no Palacete Wolf, sede do Instituto Municipal de Turismo, e segue por cartões-postais do Centro Histórico de Curitiba, como o Palácio Garibaldi, o Relógio das Flores, o Solar do Rosário, o Memorial de Curitiba, várias igrejas (da Ordem e do Rosário, por exemplo), o gigantesco painel renovado de PotyLazzarotto na Travessa Nestor de Castro, a Catedral, a Praça Tiradentes, o Paço Municipal e os imponentes prédios da UFPR e do Teatro Guaíra.
  • Em outubro, foi lançado o mapa turístico para crianças “Curta Curitiba Piazada”. Informativo e lúdico, o guia infantil é gratuito e traz, em um dos lados, um mapa de tesouro com divertidos desenhos de atrações da capital. No verso, há dados detalhados dos 22 espaços, além do endereço e se são gratuitos ou pagos. Com tiragem inicial de dois mil exemplares, o mapa de Curitiba para crianças está disponível nos postos de informações turísticas da Prefeitura e on-line no site do Instituto Municipal de Turismo
  • Turistas que visitam a capital passaram a receber, em outubro, o mapa turístico de Curitiba em formato de bloco, com folhas destacáveis. A iniciativa teve como objetivo reduzir os custos de confecção e disponibilizar em maiores quantidades aos serviços de atendimento aos turistas.
  • Ao longo do primeiro semestre, foram realizadas visitas guiadas para o público em Santa Felicidade, no Bosque Alemão, na Torre Panorâmica e nos Memoriais Ucraniano e Polonês.
  • Entre junho e setembro, foi realizada a campanha Inverno em Curitiba - Aqueça sua Programação. O calendário, elaborado pelo Instituto Municipal de Turismo em parceria com promotores, reuniu os eventos culturais e gastronômicos realizados nos meses de inverno, como forma de facilitar a informação aos turistas para que aproveitem a programação durante sua estada na cidade e com objetivo de colocar Curitiba como um dos principais destinos de inverno do Brasil.
  • Dentro do programa Curitibéra, foram lançados, em abril, dez roteiros turísticos de cerveja artesanal em parceria com os produtores e também com as associações de fabricantes de cerveja artesanal do município e do estado. Foram criados materiais de divulgação do turismo cervejeiro e o mapa turístico da cerveja.
  • Entre 30 de junho e 8 de julho, foi realizado o 1.º Festival Sabores do Pinhão, uma parceria entre o Instituto Municipal de Turismo e a Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (Smab). Na programação, comercialização de pratos à base do fruto da araucária, aulas-show e oficinas culinárias infantis. 

Pesquisas

  • Durante o primeiro semestre, foi reestruturado o setor de pesquisa do Instituto Municipal de Turismo.
  • Em fevereiro, foi divulgado os dados da pesquisa da primeira edição do Natal de Curitiba - Luz dos Pinhais (feita entre novembro e dezembro de 2017).
  • Em julho, foi retomada da Pesquisa de Demanda Turística da cidade que não era realizada desde 2012. O levantamento, que será divulgado em 2019, foi realizado em três fases. A primeira etapa, de 16 a 22 de julho, período com alto fluxo de turistas na cidade devido ao período de férias escolares de meio do ano. A segunda etapa em período de baixa temporada, de 15 a 23 de outubro e a última, entre 30 de novembro a 9 de dezembro, quando ocorre o Natal de Curitiba - Luz dos Pinhais.
  • Finalização do relatório da Pesquisa na Linha Turismo de 2017 e início da nova pesquisa da Linha Turismo 2018 realizada em quatro fases com previsão de divulgação de relatório no primeiro trimestre de 2019.

 Participação em feiras

  •  De 26 a 28 de abril, o Instituto Municipal de Turismo participou, com estande próprio, do Salão Paranaense de Turismo, em Curitiba. A cerimônia de abertura do evento ocorreu no Memorial de Curitiba com o apoio da Prefeitura.
  • O destino Curitiba foi apresentado na WTM LatinAmerica, de 3 a 5 de abril, em São Paulo, dentro do estande do Ministério do Turismo.
  • Participação no Festival das Cataratas, em Foz do Iguaçu (PR). A feira ocorreu de 20 a 22 de junho e o Instituto Municipal de Turismo teve um estande próprio.
  • Participação de Curitiba na EXPO ABAV, maior feira de turismo do Brasil. O evento ocorreu nos dias 26, 27 e 28 de setembro, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo. Na feira, o destino Curitiba foi apresentado no espaço da Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa).
  • Participação do Instituto Municipal de Curitiba, no estande da Embratur, da Feira Internacional de Turismo de Buenos Aires (Argentina), de 29 de setembro a 2 de outubro.
  • O destino Curitiba foi apresentado, no estande da Embratur , na Feira Internacional de Turismo do Paraguai, em Assunção. O evento ocorreu de 12 a 14 de outubro.
  • Participação da 30ª edição do Festival de Turismo de Gramado (RS). O evento ocorreu entre 8 e 11 de novembro.

 Apoio ao artesanato local

  • Durante o ano, foram realizadas as quatro tradicionais feiras especiais de artesanato local, nas praças Osório e Santos Andrade: de Páscoa (de 16 a 31 de março, com 80 bancas), da Primavera (de 22 de setembro a 11 de outubro, com 69 bancas), de Inverno (de 12 de junho a 14 de julho, com 72 barraquinhas) e de Natal (de 23 de novembro a 23 de dezembro, com 74 bancas).
  • Orientação e fiscalização permanente dos artesãos que participam da 21 feiras de arte e artesanato espalhadas pelos mais diversos bairros da cidade, além das feiras de antiguidades da Praça da Espanha e a feira de artes plásticas da Avenida Luiz Xavier. Ao todo são 2.500 artesãos cadastrados em Curitiba.

Natal de Curitiba

  • Pelo segundo ano, o Instituto Municipal de Turismo participou ativamente da organização e promoção do Natal de Curitiba - Luz dos Pinhais. Em 2018, além de consolidado, o calendário de eventos natalinos aumentou. Em 2017, foram 60 atrações e, em 2018, o número chegou a mais 70 eventos em toda a cidade, como apresentações de corais, autos de natal, concertos, paradas, exposições de presépios e férias temáticas. Entre as novidades, destaque para a roda gigante da Vila de Natal Electrolux da Praça Santos Andrade, a Parada de Natal do Batel e o espetáculo de encerramento da temporada natalina no Parque Tanguá.
  • Grandes marcas, como Electrolux, Condor, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil foram patrocinadores do Natal de Curitiba. Outras empresas, como Caterpillar e Rumo, foram parcerias em eventos e a programação ainda incluiu eventos da Prefeitura (nas Regionais e Centro) e privados. Ao todo, em 2018, foram investidos cerca de R$ 18,8 milhões no Natal de Curitiba. Desses recursos, 76% foram recursos privados, 14% da Prefeitura de Curitiba e 10% de patrocínios.