Prefeitura Municipal de Curitiba 156 Acesso à informação
Jardim Botânico

Taça Brasil reúne a elite nacional do ciclismo de pista no Velódromo

Evento de abertura da Taça Brasil de Ciclismo de Pista e Exposição de Bicicletas Antigas no Salão de Atos do Parque Barigui. Na imagem Prefeito Rafael Greca e Secretario da SMELJ Emilio Trautwein durante o evento - Curitiba, 17/05/2019 - Foto: Daniel Castellano / SMCS

Sessenta atletas da elite nacional estão em Curitiba neste fim de semana para a disputa da 1ª etapa da Taça Brasil de Ciclismo de Pista. As provas serão feitas no Velódromo do Jardim Botânico, neste sábado (18/5), das 9h às 19h30, e no domingo (19/5), das 9h às 13h.

Em caso de garoa ou chuva, as provas são paralisadas por segurança aos atletas, para não haver risco de quedas, pois a velocidade atingida chega próxima aos 50 km/h. Após a pista secar, as provas são retomadas. A competição é aberta ao público que pode acompanhar gratuitamente as disputas.

Para promover a prova, a Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude (Smelj) montou uma exposição de bicicletas antigas que ficará exposta neste sábado (18/5), na Praça Osório, no Centro, das 9h às 14h.

No domingo (19/5), das 9h às 14h, a mesma exposição será levada para o Velódromo do Jardim Botânico. São cerca de 60 bicicletas antigas expostas, entre elas uma Raleigh fabricada em 1905, na Inglaterra. Quem ver a exposição também saberá um pouco da cultura do ciclismo em Curitiba.

Ainda como promoção da Taça Brasil, neste domingo (19/5) a Smelj vai promover o Tour Pedala Curitiba. Com saída às 9h da Praça Nossa Senhora de Salete, no Centro Cívico, o tour irá passar por diversos bairros da cidade até o Velódromo de Curitiba, no Jardim Botânico. O trajeto terá aproximadamente 15 quilômetros.

Solenidade de abertura

Na noite de sexta-feira (17/5), o prefeito Rafael Greca visitou a exposição que foi montada ao lado do Salão de Atos do Parque Barigui. Greca fez a abertura oficial da Taça Brasil de Ciclismo de Pista e conversou com algumas atletas de Minas Gerais e de Maringá e com campeões brasileiros de ciclismo. A prova terá também competidores de Santa Catarina, Rio de Janeiro e São Paulo.

“Curitiba estima o esporte, o velódromo está preparado para essa grande competição nacional. Nós estamos transformando a cidade pelo esporte no contraturno escolar nas Linhas do Conhecimento”, afirmou o prefeito Rafael Greca.

“Queremos que os nossos curitibinhas ergam ainda mais o grande nome da cidade e, se tornando atletas, completem a sua formação. Viva o esporte, viva o ciclismo e viva a educação”, definiu Greca.

O presidente da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC), José Luis Vasconcellos, falou sobre a tradição de Curitiba no esporte. “É um prazer retornar a Curitiba com um evento dessa natureza. Ver o ciclismo revivendo novamente na cidade. Curitiba e o Paraná sempre foram celeiros do ciclismo de estrada e de pista no país”, afirmou Vasconcellos.

Após a abertura oficial da Taça Brasil, o secretário nacional de Alto Rendimento, o curitibano Emanuel Rego, campeão olímpico de vôlei de praia, fez uma palestra para os atletas sobre controle de doping e como funciona a secretaria nacional que ele faz parte.

O ciclista e colecionador Willians Sada, que levou várias bicicletas antigas para as exposições deste fim de semana, recebeu uma homenagem do prefeito Rafael Greca e do secretário municipal do Esporte, Lazer e Juventude, Emílio Trautwein.

Também acompanharam a solenidade de abertura oficial da Taça Brasil de Ciclismo de Pista o presidente da federação paranaense de ciclismo, Eduardo Pereira; os diretores da Smelj de Incentivo ao Esporte, Thiago Soares, de Esporte, Carlos Pijak Jr, de Lazer, Ronaldo Babiak; o presidente do Imap, Alexandre Matschinske; a diretora técnica da Federação Paranaense de Ciclismo, Mônica Braga e o vereador Rogério Campos.