Prefeitura Municipal de Curitiba 156 Acesso à informação
Emergência

Saiba o que fazer em caso de queda de árvores na cidade

Apesar da manutenção feita pelas equipes de arborização, não há como garantir que árvores sadias não terão desprendimento de galhos ou quedas neste período. Foto: Valdecir Galor/SMCS

Muito calor durante todo o dia e pancadas de chuva à tarde, com grande volume de água e ventos fortes. Em dias típicos de verão, como estes de janeiro, as quedas de galhos e até de árvores inteiras podem aumentar na cidade. Em Curitiba, onde há mais de 320 mil exemplares de árvores, algumas de grande porte, o efeito das condições climáticas não é diferente.

O que o cidadão precisa saber é que o canal para pedir a retirada de galhos ou árvores que tenham caído por conta de temporais é a Central 156 – por telefone ou pelo site. O atendimento acontece por ordem de chamada e também de acordo com a gravidade da situação relatada.

“Nossas equipes irão priorizar casos emergenciais, que são os que apresentem obstrução de ruas”, explica o diretor do Departamento de Produção Vegetal, responsável pela arborização da cidade, José Roberto Roloff.

Quando a queda acontecer dentro de imóveis e envolver risco às pessoas, é o Corpo de Bombeiros que deve ser acionado pelo telefone 193. Em vias públicas, se houver comprometimento aos cabos de energia, o melhor caminho é acionar a Companhia Paranaense de Energia Elétrica (Copel).

“O serviço de retirada, nestes casos, só pode ser feito com o desligamento da energia, para evitar acidentes”, esclarece Roloff.

Manutenção e prevenção

Apesar da manutenção feita pelas equipes de arborização, não há como garantir que árvores sadias não terão desprendimento de galhos ou quedas neste período. O município faz o monitoramento, podas preventivas e retirada de agentes parasitas, além de promover as vistorias e atendimentos solicitados pela população.