Ir para o conteúdo
Prefeitura Municipal de Curitiba Acessibilidade 156 Acesso à informação
Patrimônio

Rosto da Cidade ganha reforço de empresários na recuperação do Centro

Prefeito Rafael Greca, vistoria a fachada do edifício Primus recuperada, que integra o Programa Rosto da Cidade. Curitiba, 21/08/2019. Foto: Pedro Ribas/SMCS

O Rosto da Cidade ganhou, nesta quarta-feira (21/8), mais um imóvel de interesse histórico recuperado. Desta vez, foi pela iniciativa de um grupo de empresários que recuperou a fachada de um antigo sobrado na Rua Riachuelo. A fachada é o acesso ao edifício Primus, um prédio residencial de 15 andares e cerca de 70 anos.

“É uma bela ideia de urbanismo”, disse o prefeito Rafael Greca ao visitar o local. “Tivemos a casa antiga preservada para escritórios e comércio e, no miolo da quadra, apartamentos para trazer moradores à região”, explicou.

Greca sugeriu que os incorporadores busquem jovens criadores de startups para ocupar os espaços.

O convite para que o prefeito conhecesse o edifício foi em agradecimento pelo programa, que vem recuperando as pinturas de fachadas de construções públicas e privadas na região, com aplicação de resina antipichação.

“Sou curitibano e lembro de um tempo em que as pessoas saíam mais às ruas”, comentou um dos proprietários, o engenheiro Sidney Morgenstern. “Acreditamos que esse trabalho do Rosto da Cidade está resgatando esse comportamento e devolvendo valor ao bairro São Francisco”, completou.

O sobrado pertenceu a imigrantes vindos da Europa no pós-guerra. Eram pais e avós do grupo dono do imóvel. Para o engenheiro, a recuperação da fachada e a colaboração para a economia e turismo da região é uma retribuição ao acolhimento da cidade a estas famílias.

Participaram da visita a secretária municipal do Meio Ambiente, Marilza Dias; o superintendente de Obras e Serviços da secretaria, Reinaldo Pilotto; o diretor de Parques e Praças da secretaria, Jean Brasil; o vereador Ezequias Barros; e o empreendedor Wenceslau Vitulskis Filho.

Rosto da Cidade

Além de 20 imóveis públicos já concluídos pelo Rosto da Cidade, há outros 60 particulares inseridos no programa, sendo 20 já pintados e com aplicação gradativa de resina e cinco com pintura em andamento.

Com seis etapas, o Rosto da Cidade é uma ação conjunta desenvolvida pelo Ippuc (Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba), Fundação Cultural de Curitiba e as secretarias municipais do Meio Ambiente e de Obras Públicas.

Além da recuperação e aplicação de resina antipichação, o programa prevê melhorias na iluminação e acessibilidade.