Ir para o conteúdo
Prefeitura Municipal de Curitiba Acessibilidade 156 Acesso à informação
Bairro Novo da Caximba

Prefeitura tem desconto de R$ 477 mil em licitação dos projetos executivos

A Prefeitura de Curitiba divulgou nesta terça-feira (27/8), o resultado da Concorrência Pública 004/2019 com as empresas vencedoras da licitação para a elaboração dos projetos executivos que integram o Projeto Gestão de Risco Climático Bairro Novo da Caximba.

Realizada pelo Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), a concorrência foi composta por três lotes e o resultado final da licitação apontou para um desconto global de R$ 477.675,54. Publicado em março deste ano, o edital somava R$ 2.004.154,50 e a soma das propostas no resultado final foi de R$ 1.526.478,96.

O primeiro dos lotes, no valor de R$ 738.880,48, teve como vencedora a empresa Hidroestúdio Engenharia, para a realização de projetos de engenharia e arquitetura para a gestão das águas pluviais, microdrenagem e macrodrenagem e a implantação de um Parque Linear às margens do Rio Barigui, ao longo da Vila 29 de Outubro. O prazo de execução dos projetos é de 245 dias e o contrato tem vigência de 340 dias.

O lote 2, para a elaboração de projetos executivos de infraestrutura viária para a Vila 29 de Outubro, foi vencido pela empresa Afirma Engenharia de Projetos, pelo valor de R$ 270.315,15. O prazo de execução é de 495 dias e a vigência do contrato, de 590 dias.

O Consórcio Engemin-Hardt-Ecotécnica-Tese foi o vencedor do terceiro lote da licitação, no valor de R$ 517.283,33, para a elaboração do Relatório Ambiental Prévio – RAP referente ao empreendimento denominado Gestão das Águas Pluviais e Macrodrenagem para a Bacia do Rio Barigui - Trecho da Vila 29 de Outubro. O prazo de execução é de 245 dias e o contrato tem vigência de 340 dias.

Agência Francesa

Com empréstimo já aprovado pela Comissão de Financiamentos Externos (Cofiex) do governo federal, o Projeto Gestão de Risco Climático Bairro Novo da Caximba soma cerca de R$ 205 milhões. São € 38,1 milhões (o equivalente a R$ 164 milhões) a serem financiados pela Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) e € 9,5 milhões (cerca de R$ 41 milhões) em contrapartida do município. A contratação dos projetos executivos já integra a contrapartida da Prefeitura.