Ir para o conteúdo
Prefeitura Municipal de Curitiba Acessibilidade 156 Acesso à informação
Regional Matriz

Passeio Público, o mais tradicional da cidade, está renovado

Mais tradicional dos parques, Passeio Público está renovado . Curitiba, 24/11/2019. Foto: Daniel Castellano / SMCS

O antigo Passeio Público está de cara nova. O espaço ganhou uma área de contemplação preparada à beira do lago e que pode ser vista por quem passa pela Rua Luiz Leão. Piso de pedriscos, bancos de madeira e um novo paisagismo, com canteiros de flores, dão charme ao parque mais tradicional de Curitiba. O espaço foi reinaugurado no último domingo (24/11).

No local onde havia a construção do antigo restaurante, foi feita a compactação do solo para o recebimento do revestimento em pedrisco. Novos postes e paisagismo também fazem parte do novo visual.

"Com a reforma do Passeio Público, o primeiro parque urbano da cidade, a população ganha mais espaço para o lazer e atividades físicas”, disse a secretária municipal do Meio Ambiente, Marilza Dias.

O espaço será uma área comum de convivência, que visa resgatar a identidade do logradouro. “Com o pedrisco e a própria implantação da nova área buscamos recuperar características originais do projeto”, ressalta o diretor de Parques e Praças da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Jean Brasil.

Rosto da Cidade

Os trabalhos do Passeio Público fazem parte do contexto do programa Rosto da Cidade, que também prevê a revitalização de fachadas de prédios históricos da capital.

A lateral do parque está mais iluminada. A Prefeitura de Curitiba instalou 16 novos postes com luminárias em tecnologia LED direcionadas para a calçada da Rua Luiz Leão, num trecho de quase 500 metros. Os postes têm oito metros de altura e reforçam a segurança de quem transita por ali à noite.

Neste trecho ficam o Colégio Estadual do Paraná, a Casa do Estudante Universitário e também a estação-tubo Passeio Público.

Parte da história

O local agora revitalizado abrigou o primeiro zoológico da cidade e foi palco de fatos marcantes na vida cultural e no folclore curitibanos. Em 1909, Maria Alda alçou voo num balão, para aterrissar desastradamente no telhado da Catedral Metropolitana, na Praça Tiradentes.

Em 1911, na ilha desde então chamada da Ilusão, o simbolista Emiliano Perneta foi coroado "Príncipe dos Poetas Paranaenses". Os portões do Passeio são históricos e inspirados no portão do Cemitério de Cães de Paris.

Na década de 70, com a concretagem do lago e a canalização do Rio Belém na Rua Ivo Leão, o lago passou a ser alimentado por água de poços artesianos.

Atualmente, o Passeio funciona como sede do Departamento de Proteção e Conservação da Fauna e abriga os pequenos animais que permaneceram quando o Zoológico foi transferido para o Parque Iguaçu em 1982.