Ir para o conteúdo
Prefeitura Municipal de Curitiba Acessibilidade Curitiba-Ouve 156 Acesso à informação
Mesa Solidária

Oferta de refeições gratuitas cresce 250% com novos espaços e horários

Hoje o programa Mesa Solidária distribui até 700 refeições por dia para moradores de rua. Mesa Solidária no Centro POP Plínio Tourinho. Curitiba, 26/02/2021 - Foto: Daniel Castellano / SMCS

 

Tudo começou com jantar no Restaurante Popular do Capanema em dezembro de 2019. Eram 200 refeições diárias gratuitas servidas para pessoas em situação de risco social. Hoje o programa Mesa Solidária distribui até 700 refeições por dia, se espalha por três espaços da Prefeitura e ganhou horários extras para garantir dignidade a moradores de rua e desempregados, que podem se alimentar em espaços limpos e mais confortáveis.

Desde o início do Mesa Solidária, já foram distribuídas 279 mil refeições a quem está em risco social.

“Este crescimento de 250% na oferta de refeições, em pouco mais de um ano, é resultado de um esforço conjunto do município  e das 40 instituições parceiras do Mesa Solidária, com entidades religiosas, ONGs e movimentos de apoio às pessoas em situação de rua, e também feirantes e permissionários dos Sacolões da Família, que em conjunto oferecem dignidade no processo alimentar de pessoas em extrema vulnerabilidade social”, comemora Luiz Gusi, secretário municipal de Segurança Alimentar e Nutricional.

O Mesa Solidária é uma ação conjunta de vários órgãos do município, como Secretaria Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (SMSAN), Fundação de Ação Social (FAS) e Secretaria Municipal de Defesa Social e Trânsito, que cedem espaços públicos e apoio logístico, com entidades parceiras, que adquirem, preparam e servem os alimentos.

Gusi lembra que o crescimento do Mesa Solidária se tornou ainda mais importante com o avanço da pandemia em 2020.

“Já tínhamos um cronograma de abertura de novos espaços e turnos, mas, com a covid aumentando o desemprego e deixando mais pessoas em risco social, tivemos que mobilizar ainda mais parceiros para ampliarmos a oferta”, justifica ele.

Assim, a partir de abril de 2020, o Restaurante Popular da Rui Barbosa também passou a oferecer refeições gratuitas. Atualmente, são 100 pessoas que moram nos hotéis sociais da Prefeitura atendidas por dia na hora do almoço, de segunda a sexta.

Em maio, foi a vez do Centro POP da Praça Plínio Tourinho, no Jardim Botânico, passar a oferecer o jantar, ampliado em julho para almoço. No espaço, são servidas cerca de 300 refeições diárias, sete dias por semana, nos dois turnos.

Já no Restaurante do Capanema, além dos 200 jantares oferecidos todos os dias, aos domingos é oferecido café da manhã para cerca de 100 pessoas.

Comida boa

Natural de Minas Gerais, o desempregado Gustavo Augusto de Freitas, 25 anos, está em Curitiba desde 2019, dorme no Centro POP Plínio Tourinho da FAS e recebe as refeições do Mesa Solidária no local. "A comida aqui é muito boa e a gente é tratado bem", garante ele.

Jaqueline Martins, 22 anos, é natural de Piraquara e veio para Curitiba em busca de trabalho no começo de 2021. "Lá não estava conseguindo viver mais, pois não conseguia emprego", lembra. Atualmente, vive em um dos hotéis sociais do município e almoça no Centro POP do Jardim Botânico. "Provavelmente, estaria passando muita necessidade se não fosse a ajuda da Prefeitura", conta.