Prefeitura Municipal de Curitiba 156 Acesso à informação
Smart City Expo

Gabinete especial é palco para discutir inovação

Primeiro dia do Smart City Expo Curitiba 2019, que vai até sexta-feira (22/3), no Expo Barigui. Na imagem o prefeito Rafael Greca dedicou parte da tarde desta quinta-feira para explorar as novidades da Smart City Curitiba 2019 - Curitiba, 21/03/2019 - Foto: Daniel Castellano / SMCS

A Prefeitura montou um gabinete especial na estrutura da Smart City Expo Curitiba 2019, no Expo Barigui, onde o prefeito Rafael Greca recebe e discute temas ligados à inovação com autoridades e especialistas.

O espaço permite que o prefeito aprofunde alguns temas abordados durante as palestras e também ajuda a incrementar a relação com profissionais dedicados a promover inovação e economia criativa em várias partes do mundo.

Nesta quinta-feira, ocorreram reuniões com o governador Ratinho Jr, o vice-governador Darci Piana, o prefeito de Campinas e presidente da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), Jonas Donizette, Ricard Zapatero, diretor de negócios internacionais da Fira Barcelona, e o embaixador do Vietnã no Brasil, Do Ba Khoa, entre outras pessoas.

Com os executivos da Fira, órgão responsável pelos eventos de Smart City em todo o mundo, o prefeito debateu questões de conectividade nas cidades. "Curitiba precisa se aprofundar cada vez mais nesta área", avalia o prefeito, reforçando os aplicativos de serviços municipais que estão sendo lançados no evento.

Em encontro reservado, a paulistana Ana Carla Fonseca, que abriu o evento com a palestra sobre Economia Criativa, falou de sua relação de amor com Curitiba. "Na infância, passava todas férias de inverno em Curitiba, na casa de minha tia afetiva", contou.

O prefeito da cidade mineira de Ipatinga, Nardyello Rocha de Oliveira, foi outra autoridade que visitou o gabinete para cumprimentar Rafael Greca. "Vir a Curitiba e não encontrar o prefeito é como ir a Roma e não ver o Papa", brincou. Ipatinga tem 300 mil habitantes. Localizada a 200 quilômetros de Belo Horizonte, a cidade tem a economia baseada na indústria siderúrgica.


Exposição vai do robô ao homem microchipado

O prefeito Rafael Greca dedicou parte da tarde desta quinta-feira para explorar as novidades da Smart City Curitiba 2019.

No estande da Sanepar, ele conheceu o robô Roover, apelidado pelos técnicos de Teco 13 (Telediagnostico de coletores 2013). É uma máquina que percorre as redes de esgoto de Curitiba identificando ligações clandestinas. "Antigamente jogávamos fenalftaleina nos vasos para identificar. Hoje isso é feito com tecnologia", disse o prefeito.

"Não precisa mais cavar para procurar o problema. Pela rede, o Teco 13 vai direto aos pontos", explicou Juliano Campos Pereira, técnico em Edificações da Gtesg (Gerência de Tratamento de Esgoto), da Sanepar.

Greca também encontrou João Pedro Novochadlo, que vai a Harvard representar o Brasil em uma feira de inovação com o aplicativo Veever, de suporte a deficientes visuais. Ele "conversa" com dispositivos Bluetooth que podem ser instalados em ônibus, equipamentos urbanos e vários ambientes.

Por smartphones os usuários conectam o aplicativo e recebem avisos sonoros com informações dos locais onde estão, das linhas de ônibus que passam por determinados pontos. "É uma espécie de guia permanente", observou Novochadlo.

Curiosamente, o empresário tem um microship subcutâneo com informações sobre compatibilidade sanguínea, alergias, entre outras. "João Pedro é o curitibinha chipado", brincou o prefeito. Além de armazenar informações sobre Novochadlo, o microchip abre aporta da casa e do carro para ele.