Ir para o conteúdo
Prefeitura Municipal de Curitiba Acessibilidade 156 Acesso à informação
Regional Boqueirão

Estudantes fazem projeto de empreendedorismo em feira

Estudantes realizam projeto empreendedorismo em feira. Foto: Divulgação

Na tarde desta quinta-feira (10/10), os estudantes do Centro de Educação Integral (CEI) David Carneiro, no Xaxim, vão transformar o refeitório da escola em uma verdadeira Praça de Alimentação. Os pequenos empreendedores vão vender quitutes doces e salgados para colegas, familiares e toda a comunidade escolar na durante a Feira do Pequeno Empreendedor, promovida pela escola.
O evento terá duas etapas: a venda interna, para os colegas que compraram vales para os produtos antecipadamente, e a venda aberta para a comunidade, em seguida. Os novos negócios criados na escola vão ofertar mousse de limão, brigadeiro, bolo no pote e de chocolate, cupcake, cachorro quente, sanduíche natural e  refresco.
Os 60 estudantes do 5º ano estão desde junho desenvolvendo seus pequenos empreendimentos culinários, com o capital de giro arrecadado com a venda de pipoca na festa junina.
O projeto é orientado pelas professoras de Educação Ambiental Lidiane de Fátima Carvalho Lemes e Eliane Dalri que implantaram a Oficina de Educação Financeira, com os conteúdos do curso Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP), uma parceria com o Sebrae.

Múltiplas escolhas

Na proposta, As crianças foram estimuladas a participar de toda a logística envolvida desde a concepção do produto, a produção - nesta quarta-feira (9/10), e a manhã da quinta são dedicadas à produção e embalagem das guloseimas -  até a venda. 

“A educação financeira foi uma grande novidade para elas. Os projetos começaram grandes, com ideias de produtos que elas viam no shopping. Acolhemos cada sugestão e sugerimos adaptações para nossa realidade”, conta Elaine. 

Julia, 10 anos, conta que sua equipe queria vender pasteis. Mas, como são eles quem estão preparando os pratos, seria perigoso o contato com óleo fervente. Optaram por cachorro quente. “Vai vender bastante. Todo mundo gosta de cachorro quente”, diz. 

Desafio do preço único

Outro desafio foi o de, como em qualquer empreendimento, estabelecer metas de venda e margem de lucro, dentro do valor de venda estabelecido: R$ 3 para cada unidade. “Fizemos bastante Matemática”, conta Sara, 10 anos. A empresa dela comercializa fruta no pote com calda. 
Os estudantes não esqueceram do Marketing. “Divulgamos em cada sala de aula, convidamos todos. Claro que o cupcake vai vender bastante. Onde você compra cupcake a três reais?”, fala Joyce. 

Interdisciplinaridade

Além de estimular o espírito empreendedor, a atividade reforça os conteúdos de disciplinas do currículo escolar, como o raciocínio matemático, o conhecimento das propriedades alimentares, a linguagem escrita e oral para a divulgação dos produtos, além da cooperação e o trabalho em equipe.
“Também estimula a confraternização entre a comunidade escolar. Sem contar que toda a escola está animada para participar da Feira”, destaca a articuladora de atividades do Integral, Edelize Maria Moreira da Silva.
A praça de alimentação estará aberta para os alunos, na pre-venda,  a partir das 16 horas, e para a comunidade, entre as 17h e 18h. 

Em toda a cidade

Além do CEI David Carneiro, a parceria dos Sebrae no curso Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP) se estende a outras 60 escolas municipais de Curitiba, capacitando professores a levar a educação empreendedora ao Ensino Fundamental.