Prefeitura Municipal de Curitiba 156 Acesso à informação
Novo Inter 2

Especialista do BID destaca práticas socioambientais de Curitiba

O especialista em políticas socioambientais do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), engenheiro Jose Luis de la Bastida, elogiou a capacidade técnica de Curitiba. Foto: Divulgação/IPPUC

 

O especialista em políticas socioambientais do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para o Programa de Mobilidade Sustentável Inter 2, engenheiro Jose Luis de la Bastida, elogiou a capacidade técnica de Curitiba na gestão dessas áreas.

“Estou impressionado com o nível de capacidade institucional do município no gerenciamento das questões sociais e ambientais”, afirmou o técnico do banco. 

Para ele, a cidade demonstra avanço no intercâmbio social, na relação com a comunidade e na preservação ambiental.

“Minha primeira impressão é que o município já oferece as ferramentas necessárias ao BID para preparar a operação”, completou Bastida.

O programa Inter 2 contará com R$ 534 milhões em investimentos, dos quais R$ 427,2 milhões com recursos do Banco Interamericano e contrapartida da Prefeitura de R$ 106,8 milhões. Curitiba já obteve a aprovação da Comissão de Financiamentos Externos (Cofiex) do Ministério da Economia para a obtenção do empréstimo.

Na cidade desde o início da semana, Bastida encerra nesta quarta (17/7) mais uma missão de identificação do banco. Nesta etapa ele atua na verificação das ferramentas ambientais e sociais que o programa deve ter.

Segundo o especialista, é importante para o BID identificar oportunidades de melhoria das questões ambientais, como no gerenciamento de sólidos de construção, bem como no impacto social do programa de obras urbanas que exigem harmonia das questões sociais e ambientais.

Neste último dia, Jose Luis de la Bastida esteve acompanhado de Jason Hobbs, especialista da área de Desenvolvimento Urbano e Habitação do banco. Ele foi chefe de equipe do BID Pró-Cidades, programa de investimentos de R$ 380 milhões, aplicados em 19 grandes projetos nas áreas da mobilidade e habitacional.

No início deste novo programa de financiamento, Hobbs atua na orientação à transição de chefia de equipe da instituição.

“Nossa expectativa, nesta quarta operação de crédito que o banco tem com Curitiba, está na inovação. No avanço para mostrar ao mundo o que o município está fazendo”, observou Jason Hobbs.

Em Curitiba, os especialistas do BID participaram de reuniões no Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), com técnicos do instituto, da Urbs e da Utag, além de visitas de campo como parte do processo de encaminhamento do financiamento do BID para a modernização da Rede Integrada de Transporte.

Foi a segunda missão técnica da instituição em menos de 15 dias. No dia 3 deste mês, os especialistas em transporte do BID, Pablo Guerrero e Elías Rubinstein, abriram as missões do banco com reuniões com o corpo técnico do município.