Ir para o conteúdo
Prefeitura Municipal de Curitiba Acessibilidade Curitiba-Ouve 156 Acesso à informação
Participação popular

Escritório do Caximba completa três meses de atendimento à comunidade

Escritório do Caximba completa três meses de atendimento à comunidade. Foto: Ricardo Marajó/SMCS

O Escritório Local do Caximba (ELO) completa três meses de atuação nesta quarta-feira (9/2). Neste período foram prestados 331 atendimentos diversos a moradores da Vila 29 de Outubro, foco do Programa Gestão de Risco Climático Bairro Novo do Caximba – o maior programa socioambiental em execução no Brasil.

Inaugurado pelo prefeito Rafael Greca no dia 9 de novembro de 2021, o equipamento funciona como um plantão permanente da Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab) diariamente à disposição da comunidade beneficiada pelo projeto.

Além do plantão social, o espaço serve para reuniões comunitárias, consultas públicas, reuniões técnicas e outras ações previstas no cronograma do plano de reassentamento aprovado pela Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) – agente financiador do projeto.

“O ELO é um canal direto da Prefeitura com os moradores, onde eles podem tirar todas as dúvidas em relação a este grande projeto que vai transformar a realidade da população local. Ouvir os anseios dos moradores é um dos pilares desta intervenção”, destaca o prefeito Rafael Greca.

O programa conta com € 47,6 milhões (euros) em investimentos obtidos em parceria com a AFD. O projeto vai atender 1.693 famílias da Vila 29 de Outubro, das quais 1.147 serão transferidas para novas moradias. Também será implantada completa infraestrutura, regularização fundiária, um dique para contenção de cheias e um parque linear nas margens do Rio Barigui.

O edital de licitação para a contratação das 752 primeiras moradias do projeto será publicado no decorrer de fevereiro. A primeira intervenção física acontecerá nas proximidades do local onde hoje está a horta comunitária, portanto não será necessária a remoção de famílias nesta primeira etapa.

Próximas ações

Nesta terça-feira (8/2), a equipe exclusiva do ELO participou de reunião no auditório da Cohab para avaliar o trabalho nos três primeiros meses e alinhar as estratégias das próximas ações junto à comunidade. Participaram gestores da Cohab e da Unidade Técnico Administrativa de Gerenciamento (UTAG).

Ao longo de fevereiro, equipes da Prefeitura vão percorrer a Vila 29 de Outubro para atualizar o mapeamento da área e o cadastro dos moradores. Na sequência será publicado um edital com os critérios para formação de uma comissão de representantes, que será eleita pelos próprios moradores para acompanhar todas as etapas do projeto e repassar as informações para o restante da população envolvida.

“A comissão de representantes será formada para assegurar a constante participação popular na execução das ações. Desde o início da elaboração do projeto, a Prefeitura buscou ouvir a população atendida, com plantões, reuniões informativas e consultas públicas”, ressalta o presidente da Cohab, José Lupion Neto.

 

Demandas

As principais demandas dentro dos 331 atendimentos prestados no ELO nos três primeiros meses de trabalho foram referentes às etapas de reassentamento, regularização fundiária, troca de titularidade e questões ambientais, em especial de coletores de materiais recicláveis.

Além dos atendimentos feitos presencialmente e pelo Fala Caximba (3221-8328), as equipes do projeto realizaram visitas domiciliares, organizaram duas reuniões comunitárias para prestar esclarecimentos sobre as etapas e uma consulta pública com mulheres da vila, em parceria com a Assessoria de Direitos Humanos da Prefeitura.