Ir para o conteúdo
Prefeitura Municipal de Curitiba Acessibilidade 156 Acesso à informação
Linhas do Conhecimento

Educação disponibiliza visitas virtuais a museus do mundo, cidades e espaços sagrados

Educação disponibiliza visitas virtuais a museus do mundo, cidades e espaços sagrados.

 

Durante este período de quarentena devido ao coronavírus, a Secretaria Municipal da Educação disponibiliza, em sua página na internet, roteiros de visitas virtuais em museus de vários países, como o MASP (São Paulo), Louvre (Paris, França), Guggenheim (Nova York, Estados Unidos), Van Gogh (Amsterdã, Holanda), além de locais como o Palácio de Versalhes (França) e o Coliseu (Roma, Itália).

As crianças e estudantes da rede municipal de ensino estão com as aulas suspensas desde 23/3 até 12/4. O recesso de julho foi antecipado devido à pandemia.

Por ser recesso, o material disponibilizado na página da educação não representa conteúdo do período letivo normal, é apenas uma contribuição para que os estudantes tenham atividades interessantes em casa.

Segundo a secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila, as opções oferecidas no site da educação podem envolver crianças e pais em atividades conjuntas.

“É uma forma divertida de conhecer lugares diferentes, aprender e compartilhar esses conhecimentos com a família, pois todos devem aproveitar para passar o tempo juntos em casa”, afirma Maria Sílvia.

Além desses roteiros virtuais, a página da educação oferece outras opções para quem está em casa, sejam estudantes ou as famílias, como o material pedagógico do Linhas do Conhecimento, programa que transforma Curitiba em uma imensa sala de aula, com aulas de campo e atividades culturais e lúdicas em espaços da cidade como faróis, museus, praças, parques, universidades e outros.

A gerente do programa, Scheilla Maria Orlosqui, explica que esse material, elaborado pela equipe técnica da secretaria, embasa as atividades desenvolvidas na cidade, além de trazer sugestões de encaminhamentos para a sala de aula. “Pode ser consultado pelas famílias, por professores da rede pública ou particular ou qualquer pessoa que deseje saber mais sobre assuntos como história, geografia, arte, cultura e outros temas de Curitiba”, relata Scheilla.

No caderno sobre o Paço Municipal, por exemplo, é relatada a história do prédio, construído na década de 1910 pelo então prefeito Cândido de Abreu, para abrigar a Prefeitura. O imóvel, tombado, apresenta detalhes neoclássicos e desenhos art-nouveau, com decoração elaborada e formas curvilíneas ou sinuosas.

Já no material relativo à Biblioteca Pública do Paraná (BPP) estão informações sobre o surgimento das bibliotecas públicas no Brasil, a fundação da BPP, personalidades literárias e até esclarecimentos sobre o que significam os números e letras nas etiquetas de identificação das obras do acervo.

Desenvolvimento Sustentável

O material também é uma fonte de informações sobre os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODSs) da Organização das Nações Unidas (ONU), pois o programa Linhas do Conhecimento relaciona as aulas de campo e propostas culturais aos 17 objetivos definidos em 2015 pela ONU para melhorar a qualidade de vida no planeta, entre eles o combate à pobreza, à fome, redução de desigualdades, promoção do crescimento econômico sustentável, da igualdade de gênero e promoção da paz.

Acesse os roteiros virtuais

Veja também os materiais pedagógicos do Linhas

Confira o material pedagógico próprio da SME sobre o coronavírus, trabalhado nas escolas antes da suspensão das aulas