Ir para o conteúdo
Prefeitura Municipal de Curitiba Acessibilidade Curitiba-Ouve 156 Acesso à informação
Esporte

Delegação curitibana se destaca na Surdolimpíada Nacional

Delegação curitibana se destaca na Surdolimpíada Nacional. Foto: Divulgação

Neste mês de dezembro, atletas de todo o país disputaram a Surdolimpíada Nacional em São José dos Campos (SP). Ao todo, 740 atletas de 18 estados, sendo 280 mulheres e 470 homens, além de 60 profissionais de apoio, disputaram medalhas em 15 modalidades. A competição nacional voltada para os atletas surdos foi uma parceria entre o Governo Federal e a Confederação Brasileira de Desporto de Surdos (CBDS).

Curitiba

Ao todo, a delegação paranaense teve 74 integrantes participantes, sendo 23 moradores de Curitiba entre surdoatletas e membros técnicos. Eles participaram das disputas em 13 modalidades: atletismo, basquete, boliche, ciclismo, handebol, judô, karatê, mountain bike, natação, tênis de mesa, vôlei, vôlei de praia e xadrez.

Duas servidoras da Prefeitura de Curitiba participaram e trouxeram medalha para casa. Daniela Cristina Silva Lima Ramos Guidugli, surdoatleta de vôlei de quadra feminino, ajudou a equipe paranaense a ganhar de medalha de prata. Lidiane Rozendo Fernandes dos Santos, da comissão técnica do handebol masculino, também trouxe a medalha de bronze.

Mas não para por aí. Outros membros da delegação paranaense, oriundos de Curitiba, também fizeram bonito. Anderson Marcondes Santana Junior, Marcelo Porto e Guilherme Justino Cadena Fonseca foram bronze com o time de handebol masculino.

Também fizeram parte da equipe feminina de vôlei, vice campeã da Surdolimpíada, as surdoatletas curitibanas Luiza Silva Loures Ramos e Simone Nogueira De Souza, além dos membros da comissão técnica Marcelo De Souza Raimundo, Maurício Loures Ramos e Tailah Tábata Dos Anjos.

Outra curitibana que se destacou na competição foi Josiane Maria Poleski, que na categoria dupla mista no tênis de mesa conquistou a medalha de bronze.

Mais um que fez bonito na Surdolimpíada Nacional foi o morador de Curitiba Yuri Soares da Silva, que conquistou três medalhas de prata no atletismo. Ele foi vice-campeão nas provas de 100m, 200m e 400m rasos.

Deaflympics

A Surdolimpíada nacional serviu como seletiva para montar as equipes que vão representar o Brasil na Surdolimpíada Internacional, a Deaflympics. A competição internacional é um dos eventos mais antigos no calendário esportivo mundial, perdendo apenas para os Jogos Olímpicos. Em sua 24ª edição, a Surdolimpíada chega à América Latina e ao Brasil pela primeira vez desde 1924.

A competição vai acontecer em Caxias do Sul (RS) e será entre 1 e 15 de maio. O evento tem a expectativa de reunir cerca de 8 mil atletas para a disputa de 21 modalidades. Mais de 75 países já confirmaram participação.