Ir para o conteúdo
Prefeitura Municipal de Curitiba Acessibilidade 156 Acesso à informação
Integração

Curitiba e vizinhos da RMC pleiteiam a conclusão do Contorno Norte

O prefeito de Curitiba, Rafael Greca, está empenhado num esforço metropolitano, juntamente com os prefeitos de cidades vizinhas situadas ao norte da Capital, pela conclusão do último trecho do Contorno Norte. - Na imagem, O prefeito de Curitiba, Rafael Greca e a prefeita de Colombo, Beti Pavin. Foto: Divulgação

O prefeito de Curitiba, Rafael Greca, está empenhado num esforço metropolitano, com os prefeitos de cidades vizinhas situadas ao norte da Capital, pela conclusão do último trecho do Contorno Norte.

O pleito pela finalização do anel rodoviário no entorno de Curitiba será levado a Brasília nas próximas semanas para ser apresentado ao Ministério dos Transportes. A decisão se deu em reunião de Greca com a prefeita de Colombo, Beti Pavin, nesta terça-feira (19/2), no Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc).

“Vamos pedir ao governo federal que termine uma obra que foi iniciada na década de 70 e se arrasta desde então. A finalização desta diretriz de arruamento que ainda está intacta é de grande importância para Curitiba e os municípios metropolitanos do norte na ligação com os estados vizinhos”, reforçou Greca.

O trecho a ser finalizado tem cerca de 13 quilômetros e irá favorecer a integração de quem segue pela Rodovia Régis Bittencourt às cidades de Campo Largo, Colombo, Almirante Tamandaré, Quatro Barras e Campina Grande do Sul, sem a necessidade de cruzar Curitiba por dentro. “É uma obra que vai integrar toda a região e facilitar muito a vida também dentro de Curitiba. Quem vem do Norte do Paraná e pretende seguir a São Paulo poderá cortar direto pelo contorno, sem ter que dar uma volta imensa, como é hoje”, observou a prefeita de Colombo.

Contrapartida

Segundo Beti Pavin, a conclusão da obra faz parte de um compromisso já definido no contrato da concessionária responsável pela manutenção da Rodovia Régis Bittencourt. “Quando a concessionária venceu a licitação do pedágio de São Paulo a Florianópolis, uma das condições previstas era a de entregar pronto este trecho do contorno”, disse ela. “Nós, prefeitos, estamos unidos neste pleito. Vamos pedir ao governo federal que exija da concessionária que tem o dever de fazer esta obra”, reforçou.