Ir para o conteúdo
Prefeitura Municipal de Curitiba Acessibilidade 156 Acesso à informação
Prestação de contas

Curitiba bate recorde de investimento em Saúde em 2019

Secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak, apresenta os dados de 2019 da secretaria, na Câmara Municipal. Curitiba, 19/02/2020. Foto: Lucilia Guimarães/SMCS

 

Curitiba bate mais uma vez o recorde de investimentos em Saúde, trazendo reflexos positivos nos indicadores da área. Em 2019, foram investidos R$ 1,9 bilhão na Saúde, em recursos municipais, federais e estaduais, o maior investimento da história de Curitiba – R$ 690,9 milhões só no terceiro quadrimestre do último ano.

No total, o município investiu 21,8% das suas receitas em saúde em 2019 – 6,8% acima do mínimo exigido de 15%.

Os dados foram apresentados pela secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak, e pelo diretor do Núcleo Financeiro da Secretaria da Saúde, Edgar Lopes Júnior, nesta quarta-feira (19/2), na Câmara Municipal de Curitiba, durante a audiência de prestação de contas do terceiro quadrimestre de 2019. A apresentação do relatório segue uma determinação legal, de prestação de contas quadrimestral, segundo prevê a lei complementar federal 141/2012.

“Meu profundo respeito e admiração pelo prefeito Rafael Greca”, afirmou Márcia. “Nunca se investiu tanto em Saúde na história desta cidade. Não temos restrição para investimentos em Saúde”, disse a secretária.

Em relação a 2018, segundo Márcia Huçulak, cresceu o número de consultas médicas em 2019, passando de 1.644.712 para 1.655.032. As consultas com enfermeiros também aumentaram de 894.421 para 943.424, no mesmo período. Segundo a secretária, ainda, 81% das especialidades hoje estão com a fila de espera de até 60 dias.

O aplicativo Saúde Já Curitiba, lançado no primeiro ano de gestão, já soma mais de 8,3 milhões de acessos, quase 616 mil agendamentos com a enfermagem e 346 mil agendamentos para odontologia. O Laboratório Municipal passou de 3,5 milhões de exames processados em 2017 para 5,7 milhões, em 2019.

Durante a audiência, a secretária frisou, ainda, a importância de a população se vacinar contra sarampo, febre amarela e manter os quintais limpos, para que Curitiba continue livre da dengue – em 2019, não foi registrado nenhum caso autóctone da doença no município. “Estamos numa ilha, mas isso é fruto de um trabalho de mutirões de limpeza entra as Secretarias da Saúde e Meio Ambiente. Mas é importante que a população faça sua parte colocando o lixo para fora, para que possa ser recolhido”, disse ela.

Entre os destaques do terceiro quadrimestre de 2019, a secretária apontou a 14ª Conferência Municipal de Saúde, realizada em outubro; a comemoração dos 20 anos da Saúde Mental no município com a implantação dos Caps territoriais; os 15 anos do Samu com a renovação da frota; a inauguração da nova sede do ambulatório Encantar especializado no atendimento de pessoas com Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) e de suas famílias, além de premiações recebidas no período.