Prefeitura Municipal de Curitiba 156 Acesso à informação
Meio Ambiente

Começa projeto de despoluição do rio Uvu, na bacia do Barigüi

Prefeitura lança projeto para despoluição do rio Uvu, um dos principais afluentes da bacia do Barigüi. Curitiba, 26/03/2008 Foto: Maurilio Cheli/SMCS

A Prefeitura de Curitiba iniciou nesta quarta-feira (26) a despoluição do rio Uvu, um dos principais afluentes da bacia do Barigüi. O lançamento do projeto foi no bosque São Cristóvão, em Santa Felicidade, junto com o lançamento do programa Band Pé no Rio, da TV Band. Estudantes da Escola Municipal Vinhedos participaram da cerimônia e receberam cartilhas com informações sobre recursos hídricos. A Cartilha Peixoto e o mistério de Boitiúna, publicação distribuída aos estudantes, é um projeto da equipe de educação ambiental da Secretaria do Meio Ambiente, que tem como objetivo ensinar de forma ilustrativa que mesmo rios poluídos podem voltar a ter vida.

A Bacia do Barigui banha um terço do território de Curitiba. O rio Uvu despeja, diariamente, sete toneladas de matéria orgânica no lago do parque Barigüi. "Queremos mostrar que é possível modificar uma situação crítica por meio de ações comuns, adotadas em conjunto com a sociedade civil organizada", disse o secretário municipal do Meio Ambiente, José Antonio Andreguetto.

No projeto Band Pé No Rio, universitários trabalharão em conjunto com estudantes municipais pela despoluição do rio Uvu. A despoluição faz parte do trabalho de revitalização do Bacia do Barigui, iniciado pela Prefeitura de Curitiba em março do ano passado. O trabalho inclui obras de infra-estrutura e ações de fiscalização, educação ambiental e de cunho legal e institucional.

Os estudantes universitários do projeto Band Pé No Rio representam a Universidade Federal do Paraná, a PUC, a Universidade Positivo, a Universidade Estadual de Ponta Grossa e a Universidade Tecnológica do Paraná. Sete estudantes de cada uma dessas universidades adotaram uma escola próxima ao Uvu para colaborar na limpeza do rio. "Este é um compromisso público assumido pela Band com a cidade e com a nação. Escolhemos intensificar as ações na área do meio ambiente", disse o diretor da rede Bandeirantes no Paraná, Aderbal Fortes.

Os estudantes da Escola Municipal Vinhedos participarão do projeto orientados por universitários da Universidade Positivo. A limpeza do rio tem sido atividade corriqueira dos meninos e meninas, que têm ações em um dos afluentes do rio, que passa perto da escola. Uma montagem teatral, discussões e produções de textos e cartazes, além da conscientização da comunidade escolar sobre a importância de cuidar do rio estão entre os trabalhos já desenvolvidos na escola.

Uvu, no tupi-guarani, significa água que brota da terra. O Uvu brota da terra no São Braz e deságua no lago do parque Barigüi. Com quase 6 km de extensão, passa pelos bairros Mercês, Santa Felicidade e Cascatinha.

Acompanharam a cerimônia de lançamento do projeto o secretário municipal da Comunicação Social, Deonilson Roldo, e o vereador Ademir Manfron.


Rio Uvu em números

  • Área de drenagem Rio Uvu e Córrego Santa Rita (Área da Band Pé no Rio) = 7.478.449,81 m²
  • População da área = cerca de 32.000 habitantes.
  • Maciços florestais na área = 2.063.621,10 m²
  • Extensão aproximada do Rio Uvu = 5.918,00 m.
  • Extensão aproximada do Córrego Santa Rita = 2.192,00 m.
  • Área de drenagem da bacia completa do Rio Uvu = 13.726.486,46 m2
  • Maciços florestais da bacia completa do Rio Uvu = 3.519.692,17 m2
  • População aproximada da bacia completa do Rio Uvu = 48.000 habitantes
  • Número de igrejas na Bacia do Rio Uvu = 40.
  • Número de lotes na Bacia do Rio Uvu = 8.357