Ir para o conteúdo
Prefeitura Municipal de Curitiba Acessibilidade Curitiba-Ouve 156 Acesso à informação
140 anos

Bibliotecas das escolas terão livros sobre a história da Santa Casa

Prefeito Rafael Greca ao lado da primeir-dama Margarita Sansone, recebe doação de 70 exemplares do livro “Santa Casa de Curitiba: presente para o futuro” do arcebispo Dom João Bosco. Curitiba, 02/06/2020. Foto: Pedro Ribas/SMCS

 

Escolas da rede municipal de ensino e Faróis do Saber receberão exemplares do livro “Santa Casa de Curitiba: presente para o futuro”, que traz a história dos 140 anos do hospital Santa Casa de Misericórdia, localizado no Centro da cidade.

O prefeito Rafael Greca, autor de um dos prefácios do livro, e a primeira-dama de Curitiba, Margarita Sansone, receberam, simbolicamente, a doação de 70 livros das mãos do arcebispo Dom João Bosco, provedor da Santa Casa, nesta terça-feira (2/6), no Palácio 29 de Março, sede da Prefeitura.

“Esse hospital é muito importante para a cidade, pela sua trajetória. É um sonho da fraternidade curitibana. E o momento que estamos vivendo tem tudo a ver com o sentimento de misericórdia”, afirmou o prefeito.

O arcebispo destacou os esforços da administração municipal neste momento de pandemia do coronavírus.

História

A Santa Casa completou 140 anos de fundação no dia 22 de maio, data em que foi lançada a pré-venda do livro, projeto que traz um acervo rico e inédito de imagens, fatos e histórias de personalidades que conduziram o hospital até os dias atuais.

A Santa Casa de Misericórdia tem 396 médicos, 224 leitos, realiza cerca de dez mil cirurgias por ano e tem 24 especialidades médicas.

O projeto foi  executado por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura e terá a destinação de 50% da tiragem para escolas públicas de Curitiba e do Paraná. A edição é resultado da parceria com a Associação Médica do Paraná e surgiu a partir da criação do Museu da História da Medicina do Paraná.

Presenças

Também participaram da solenidade a secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak; os médicos da secretaria Alcides Oliveira (diretor do Centro de Epidemiologia), a infectologista Marion Burger e Pedro Henrique de Almeida (diretor do Sistema de Urgência e Emergência de Curitiba); o diretor-geral corporativo da Santa Casa, Eduardo Otoni, o conselheiro Alessandro Pereira e o diretor de Operações, Danilo Oliveira; além dos padres Simão Stock Miguel, Wagner Portugal e Charles Fernando Gomes.