Ir para o conteúdo
Prefeitura Municipal de Curitiba Acessibilidade 156 Acesso à informação
Infraestrutura nos bairros

Asfalto e construção de pontes marcaram 2019 na Regional Boqueirão

Boqueirao Fashion Day embala o comércio local. Foto: Divulgação

Quem anda pelas ruas da Regional Boqueirão (Hauer, Xaxim, Boqueirão e Alto Boqueirão), percebe que a malha viária está melhor cuidada. Afinal, a regional recebeu 25,7 km de asfalto novo este ano, principalmente em ruas que são rotas do transporte coletivo ou que sediam equipamentos públicos.

No balanço das intervenções da Prefeitura na região este ano constam ainda a execução de duas pontes de concreto, dois Faróis do Saber e Inovação, a Horta Comunitária Visitação e a implantação do Ecoponto Alto Boqueirão.

Asfalto

A requalificação das ruas somou 31,9 km se for levar em conta as obras realizadas deste 2017. Vias como ruas Francisco Derosso, Dr. Danilo Gomes, Eduardo Pinto da Rocha, Wilson Dacheux Pereira, Tenente Francisco Ferreira de Souza, e dois trechos na Linha Verde ganharam nova pavimentação.

Morador há 28 anos na Rua Francisco Derosso, Antônio Carlos Pereira disse que a revitalização é um ganho na qualidade de vida.
 

"Asfalto novo é uma maravilha. Ando por toda Curitiba e vejo muitas melhorias”, completou Pereira.


Entre as ruas pavimentadas, seis delas entraram no Programa Asfalto Sobre Saibro, que está asfaltando ruas de pavimento primário. Além disso, entre janeiro e novembro, as equipes da Prefeitura fizeram a manutenção de 404.906 metros em ruas, com tapa-buraco e saibro.

Pontes e passarelas 

A Prefeitura também não descuidou das pontes, passarelas, rios e córregos da região. Os moradores da Rua 25 de agosto, no Xaxim, ganharam uma nova ponte para a travessia do córrego Evaristo da Veiga.

A antiga ponte, de madeira, permitia a passagem de apenas um carro por vez. Foi trocada por uma nova estrutura em concreto e de mão dupla, mais segura para motoristas e pedestres.

“Ficou muito bom. Antes da reforma, a situação era péssima. Essa ponte era um perigo”, conta a dona de casa Vanessa Aparecida da Silva, de 37 anos. 

Outra ponte de concreto, com 11 metros de largura, foi entreguida na Rua Mathias de Andrade Rocha, no Alto Boqueirão, substituindo a estrutura de madeira sobre o Córrego Alto Boqueirão. 

Também sobre o Córrego Evaristo da Veiga a prefeitura realizou a construção de uma ponte de madeira, ligando a Rua Cleto da Silva.

Prevenção de enchentes

O Departamento de Pontes e Drenagem da Secretaria Municipal de Obras Públicas desenvolveu vários serviços para prevenir a alagamentos com a limpeza de mais de 20km de rios e córregos. 

Exemplo disso foi a obra de contenção das margens do Ribeirão dos Padilhas em três pontos: nos fundos da Escola Municipal CEI David Carneiro, junto à Rua Omar Raimundo Pichet e na Rua Barão de Santo Angelo no Xaxim. Também foram reconstruídas ou reformadas 18 passarelas de madeira sobre os córregos na Regional Boqueirão.

A Zeladoria Municipal fez 3.195 metros de drenagem entre janeiro e novembro e 1,8 milhão de metros quadrados de roçada no mesmo período. 

Ecoponto

Em abril, os moradores Alto Boqueirão ganharam o Ecoponto, para descarte de restos de construção civil, madeira, poda de vegetais, mobiliário e eletroeletrônicos. Em oito meses, o local recebeu 932,6 toneladas de material para descarte, contribuindo para a preservação do meio ambiente. 

Nova horta comunitária 

A segunda horta comunitária da Regional foi inaugurada em agosto. A Horta Comunitária Visitação, no Boqueirão, atende 21 famílias em um terreno de 620 metros quadrados, nos fundos da Unidade de Saúde Visitação, com 28 canteiros para o plantio de hortaliças, fitoterápicos e jardins de mel.

“É muito bom mexer na terra. Distrai e relaxa. Sem contar o prazer de colher aquilo que plantamos”, conta a aposentada Tereza Anita de Oliveira Silva, 84 anos. 

A primeira horta da Regional, a Horta Pantanal, no Alto Boqueirão, ganhou uma área de convívio social, com parquinho e cancha de bocha e mais canteiros para beneficiar até 70 famílias nos 5,5 mil metros quadrados em formato de folha. A horta venceu Concurso Boas Práticas da Prefeitura na categoria Meio Ambiente.

Ônibus novos

Desde agosto, três novas linhas metropolitanas passam pelo Terminal Boqueirão, com a reintegração do transporte entre Curitiba e São José dos Pinhais. São as linhas São José dos Pinhais-Boqueirão, Terminal Afonso Pena-Boqueirão e Centro de São José dos Pinhais-Terminal Boqueirão. 

Outra novidade para o benefício dos passageiros foi a renovação da frota. Em maio, 40 novos veículos, entre eles, oito biarticulados para a linha Boqueirão e Trabalhador, e articulados para a linha Circular Sul e Alto Boqueirão.

A nova frota também atenderá as linhas Inter 2, Interbairros 2, 3 e 4 e Cabral/Portão. No Terminal do Carmo, as plataformas de embarque e desembarque tiveram o piso substituído. 

Mais novidade vem por aí: este ano a Prefeitura apresentou à população o Projeto Inter 2, que prevê a inovação no transporte público, a reconstrução do Terminal Hauer, a implantação das estações Xaxim e o projeto do binário da Rua das Carmelitas com Carlos de Laet.

Galeria de águas pluviais 

Atendendo aos pedidos feitos no Fala Curitiba de 2017, a Prefeitura realizou a implantação de 596 metros de tubos de diâmetro até 2,20m na Rua Tenente Tito Teixeira de Castro, entre as a Rua das Carmelitas até o encontro com o Rio Belém. A nova tubulação substituiu a antiga rede, que já não era suficiente para a vazão das águas e que causava alagamentos. 

Morador há 40 anos na rua, João Carlos Calabrese comemorou a melhoria.

"Aqui, a água subia rápido e éramos pegos de surpresa. Agora não iremos mais conviver com essa agonia", diz Calabrese.

 

Dois novos Faróis do Saber Inovação 

A regional ganhou também os Faróis do Saber Inovação Albert Einstein, anexo à Escola Municipal Castro, e Fernando Pessoa, anexo à Escola Municipal Guilherme Butler. 

Os dois espaços maker contam com impressora, abertos à população, e juntam-se a outros dois equipamentos, os faróis Mário Quintana e Camões. 

Reforma nas escolas 

As duas escolas que sediam os faróis também foram reformadas. A Escola Municipal Castro, no Xaxim, foi revitalizada com pintura nos muros e grades e na parte externa, novo piso cerâmico, melhorias nas portas de acesso da unidade. 
A Escola Municipal Professor Guilherme Butler, no Boqueirão, teve reconstrução da parte dos fundos da escola, onde ficam uma sala de aula, a secretaria e a sala dos professores. Foi feita a troca do telhado, além de nova pintura e remanejamento de espaços.

Piscina reformada 

A piscina do Centro da Juventude (Cejuv) Eucaliptos, que estava fechada desde setembro de 2017, foi reaberta em abril depois que todo o revestimento foi trocado. A reforma foi além com motores reenquadrados; torneiras e chuveiros substituídos, voltando a atender os 700 alunos que lotam as turmas de aulas gratuitas de natação e hidroginástica.

Iluminação

Em 2019, a Prefeitura modernizou o sistema de iluminação pública em vias públicas da regional com a troca de 1.889 lâmpadas de vapor de sódio para luminárias LED, mais eficientes e econômicas, em 188 ruas do Boqueirão e Alto Boqueirão. 

A troca da iluminação também foi feita em praças como a Alfredo Hauer, Florimar Campelo, Hilda Amaral Visinoni e no Bosque Nair Cechetto. Em alguns pontos, além das lâmpadas, foram instalados superpostes, reforçando a iluminação. 

Desafio 100 mil árvores 

Em dois meses de participação no Desafio 100 Mil Árvores, a Regional Boqueirão contabilizou 1.987 árvores plantadas com apoio da comunidade dos quatro bairros. Também em favor do Meio Ambiente, a Escola Municipal de Educação Especial Helena Wladimirna Antipoff, o CMEI Tapajós II, o Bosque Reinhardt Maak e o Parque Náutico do Iguaçu ganharam Jardins de Mel, as colmeias com abelhas sem ferrão, que auxiliam na polinização e na Educação Ambiental dos curitibinhas.

Novo cartão-postal 

O Parque Náutico do Iguaçu, no Boqueirão, foi totalmente reformado, com 3km de nova pavimentação desde o viaduto. 
Também ganhou nova iluminação, academia ao ar livre, novo parquinho, reforma da passarela e da Torre de Cronometragem, ampliação do estacionamento, novo calçamento de acesso para o Barracão de Canoagem, plantio de árvores e espaço para circo itinerante. 

Polo empreendedor

Em sua terceira edição, Boqueirão Fashion Day consolidou-se no calendário de eventos oficiais de Curitiba e fomenta o comércio e a economia criativa da região, que tem um dos principais polos têxteis do estado, atraindo profissionais de vários setores da moda curitibana. Este ano, o desfile emocionou a plateia com o foco na moda inclusiva. 

Além dos tecidos, a Regional Boqueirão tem vocação cervejeira. A Prefeitura apoiou o “batizado” da Rua Carlos de Late como “Rua da Cerveja da Vila Hauer”. A rua abriga a sede da Cervejaria Bode Brown, uma das sete cervejarias na Regional. 

 

Boqueirão em números

- 26.412 atendimentos feitos pela Administração Regional

- 194.953 consultas médicas realizadas nas unidades de saúde, entre janeiro e novembro/2019

- 981.846 procedimentos médicos e de enfermagem nas unidades de saúde, entre janeiro e novembro/2019

- 138.966 procedimentos odontológicos nas unidades de saúde, entre janeiro e novembro/2019

- 31.093.072 unidades de medicamentos distribuídas entre janeiro e novembro/2019

- 137.857 atendimentos na UPA Boqueirão entre janeiro e novembro/2019

- Curitiba Sem Mosquito – coleta 10.050 quilos de entulhos no Boqueirão

- 2 novos Faróis do Saber e Inovação

- 25,7 km de ruas asfaltadas

- Construção de 2 pontes de concreto

- 40 ônibus novos para atender as linhas da região