Prefeitura Municipal de Curitiba 156 Acesso à informação
Cidade inteligente

Ases da robótica nas escolas municipais apresentam invenções

Prefeito Rafael Greca recebe alunos de escolas municipais que participaram do Encontro Nacional da First Lego League. Curitiba, 22/03/2019. Foto: Lucilia Guimarães/SMCS

Microcápsulas de lavanda para reduzir o estresse dos astronautas. Botas com eletroímã para eles exercitarem as pernas. Cromoterapia para fazer os astronautas dormirem melhor. Esses projetos de três escolas municipais conquistaram destaque no torneio de Robótica do Rio de Janeiro na semana passada e foram apresentados em detalhes ao prefeito Rafael Greca nesta sexta-feira (22/3).

“Vocês são um orgulho para Curitiba. A cidade inovadora vai nascer de vocês. Essa visão multidisciplinar que vocês aprendem em nossas escolas é o que vai formar as profissões do futuro”, disse o prefeito.

Vinte e três curitibinhas das equipes de robótica Conectados (Escola Municipal Coronel Durival Britto e Silva, do Cajuru), Cyber Rex (Escola Prefeito Omar Sabbag, do Cajuru) e Fusion Robôs (Escola São Miguel, da CIC), apresentaram os trabalhos ao prefeito e à secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila.

“Esse resultado reflete os grandes investimentos que fazemos em robótica, inovação, questões pedagógicas e em formação dos nossos profissionais”, comentou a secretária.

“Foi uma experiência muito legal”, disse a estudante Yasmim Zahara Bichibichi, da Conectados. “Compensou todo nosso esforço”, completou a colega Rebeca Bernetzki Batista.

“A robótica me ensinou a trabalhar em equipe, estou no projeto há dois anos e adoro”, contou o estudante João Pedro Nicolas, da Cyber Rex.

Voos mais altos

No Rio, os estudantes da equipe Conectados foram classificados para o Aberto Internacional do Líbano (Ásia), que vai acontecer de 14 a 16 de junho deste ano. A competição carioca envolveu 84 equipes de escolas públicas e privadas de todo Brasil, com o tema Into Orbit (Em órbita). A escola Durival Britto foi a única unidade pública classificada para uma etapa internacional.

Investimentos

Em 2018, a Prefeitura de Curitiba investiu R$ 15 milhões em tecnologia educacional, equipamentos de informática, kits de robótica, impressoras 3D, conectividade, sistemas informatizados, entre outros recursos destinados ao uso administrativo e educacional.

Neste mês, as escolas da rede municipal estão recebendo novos kits de robótica. É o microduíno, que permite a montagem de diversos protótipos e programação. São R$ 812 mil para que 117 escolas possam iniciar o trabalho com um novo kit de programação e robótica adaptável a sistemas e materiais de diversas composições. 



Faróis do Saber e Inovação são células de inclusão social

Grande parte da produção inovadora das escolas de Curitiba é feita dentro dos Faróis do Saber e Inovação, que funcionam como espaços não formais de ensino e oferecem oportunidades para múltiplas aprendizagens. A explicação sobre os farois, bibliotecas públicas que reúnem laboratórios de informática e espaços makers com impressoras em 3D, foi apresentada na tarde desta sexta-feira (22/3), no Smart City Expo Curitiba 2019.

A coordenadora de Tecnologias Digitais e Inovação da Secretaria Municipal da Educação, Estela Endlich, falou sobre a iniciativa no Smart Plaza Vale do Pinhão, praça idealizada pela Prefeitura e o Vale do Pinhão para mostrar as inovações da capital no evento.

“Transformados em espaços para práticas da aprendizagem criativa os Faróis do Saber e Inovação integram o Vale do Pinhão, o ecossistema de inovação da cidade, e são uma contribuição da rede municipal de ensino na formação de cidadãos inovadores, preparados para viver em uma cidade educadora onde uns aprendem com os outros”, disse Estela.

Onze unidades já estão em funcionamento e até o fim do ano serão 33 faróis transformados em espaços inovadores.