Ir para o conteúdo
Prefeitura Municipal de Curitiba Acessibilidade 156 Acesso à informação
Na CIC

Aprovado novo anteprojeto da academia da Guarda Municipal

O anteprojeto da nova academia foi aprovado pelo prefeito Rafael Greca, no Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), em reunião com o secretário da Defesa Social, Guilherme Rangel, o superintendente da pasta, Carlos Celso dos Santos Júnior e o comandante da Guarda, Odgar Nunes Cardoso. Foto: Divulgação/IPPUC

A Guarda Municipal de Curitiba terá uma academia estruturada com quadra coberta, estande de tiro e ala administrativa com refeitório e auditório. O chamado Centro de Formação e Desenvolvimento Profissional da corporação ficará na CIC, na rua Amilcare Bientinezi, 16, esquina com Manoel Valdomiro de Macedo, no mesmo terreno da estrutura ocupada pela Guarda Municipal desde 2016.

O anteprojeto da nova academia foi aprovado pelo prefeito Rafael Greca, na manhã desta terça-feira (30/7), no Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), em reunião com o secretário da Defesa Social, Guilherme Rangel, o superintendente da pasta, Carlos Celso dos Santos Júnior e o comandante da Guarda, Odgar Nunes Cardoso. 

A apresentação foi feita pelo autor do projeto no Ippuc, arquiteto Gerson Smal Staehler, acompanhado pela coordenadora de projetos, arquiteta Celia Bim e o presidente do Instituto, Luiz Fernando Jamur.

“A segurança pública de qualidade começa pelo investimento em pessoal e o respeito ao efetivo e se complementa com equipamentos e tecnologia”, disse Greca.

A proposta, aprovada nesta terça, substitui uma ideia anterior de implantar um complexo para a GM no Parque dos Tropeiros. Para este endereço será feito um novo estudo, com a possibilidade de ter a área aproveitada para uma segunda unidade da Fazenda Urbana.

“É fundamental darmos sempre a melhor condição de formação aos guardas municipais para termos um trabalho ainda mais eficaz e próximo da população”, afirmou Rangel.

O secretário aprovou o projeto no local onde já funciona uma estrutura da Guarda. Para treinamento de tiro, a corporação utiliza hoje de espaços cedidos. 

“A localização é muito boa. A estrutura será remodelada o que vai permitir o treinamento diferenciado, inclusive com estande próprio, além de pistas, salas de aula, refeitórios e outros equipamentos”, disse Rangel.

Na opinião do secretário, uma melhor formação culmina com um bom guarda municipal e num trabalho eficiente de respeito à população e aos direitos humanos.

Etapas

A reestruturação da nova academia da GM será em etapas. Num primeiro momento será feita a reforma e a manutenção do barracão existente com a troca de esquadrias, a colocação de forro termoacústico, a ampliação de sanitários e de rampas de acessibilidade. O projeto estrutural desta primeira fase será desenvolvido pelo Ippuc e remetido à Secretaria Municipal de Obras Públicas para a execução dos serviços.

Na segunda e terceira etapas serão contratados os projetos executivos necessários para licitar as obras do estande de tiro, com 600 m², e das estruturas do prédio administrativo com refeitório e auditório (1.600 m²), da quadra coberta (600 m²) e demais equipamentos em uma área de 400 m². Toda a estrutura abrangerá cerca de 4 mil metros quadrados de área.