Registrar
Lei de Acesso à Informação
Prefeitura Municipal de Curitiba

Vale do Pinhão

Novos investimentos vão transformar a região do Rebouças

10/11/2017 10:48:00

O prefeito Rafael Greca conheceu na tarde desta quinta-feira (09/11) três grandes projetos da iniciativa privada propostos para a região do Vale do Pinhão. Os projetos fazem parte de uma série de consultas comerciais e iniciativas que estão sendo feitas na região, motivadas pelo programa Vale do Pinhão.

As novidades apresentadas pelos investidores vão ajudar a desenvolver e mudar o perfil da região do Rebouças, berço do Vale do Pinhão. Os projetos envolvem a ocupação urbana de espaços ociosos e integração de praças e ruas de modo inteligente.

O prefeito Rafael Greca afirmou que estas ideias vão criar um novo horizonte de desenvolvimento na cidade. “O Vale do Pinhão é muito interessante. A Prefeitura quer atrair a grande indústria da área de inovação para a cidade, novos players, novos parceiros. O nosso dever é inventar o futuro”, disse o prefeito.

Greca também comentou que pretende levar inovações e novas utilidades urbanas para as áreas da rua Barão do Rio Branco, Praça Eufrásio Correa, região do Guadalupe, Riachuelo e Alto São Francisco. “A cidade não pode se perder na mesmice, e é nesse sentido que eu apoio vocês com entusiasmo, sejam muito bem-vindos”, comentou o prefeito.

Iniciativas

O evento foi apresentado pelo diretor técnico da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação, Tiago Francisco da Silva, que ressaltou a importância dos empreendimentos para alavancar a reurbanização e desenvolvimento local na região do Rebouças.

 "Esses três grandes empreendimentos são um recorte do que está surgindo na região do Vale do Pinhão. Os investidores estão observando o programa e o público da região”, afirmou Silva. “Um exemplo é a demanda de universitários na região, dos 150 mil de Curitiba, 40 mil se concentram perto do Rebouças", definiu.

Um dos empreendimentos apresentados é a Usina 5, que já requalificou o antigo moinho de açúcar Diana, fechado há mais de 10 anos, que engloba uma área de mais de 50 mil metros quadrados. O local abrigava a sede Emílio Romani S/A, empresa que detinha a marca Açúcar Diana e que entrou em processo de falência em 1997, encerrando suas atividades em seguida.

O novo espaço servirá para realização de eventos de pequeno, médio e grande porte, com grande estrutura de estacionamento, facilidade de acesso e apoio. O primeiro teste aconteceu no começo de outubro com o evento Tribal Tech, que reuniu mais de 10 mil pessoas, elogiado nacionalmente pela estrutura e sem qualquer registro de ocorrência ou perturbação na região.

O empreendimento também será incorporado ao movimento Reação Urbana, na próxima terça (14/11). O Reação Urbana, iniciativa da Oscip Reurb e da Haus da Gazeta do Povo, com apoio da Prefeitura, está mapeando e promovendo debates e palestras para revitalização urbana das regiões do Vale do Pinhão.  

Edifício inteligente

Outro grande projeto proposto para o Vale do Pinhão visa construir um grande edifício inteligente para abrigar empresas inovadoras. O prédio ainda será ligado a uma grande praça arborizada de interação no terreno de 16 mil metros quadrados. Local que por décadas foi sede das Indústrias Químicas Melyane S/A, fabricante das ceras Canário e do sabão Guaíra Canário. O projeto pretende conectar as ruas Engenheiros Rebouças, Francisco Nunes e Brasílio Itiberê.

Station Lab

Na linha de incubadora de projetos do Vale do Pinhão, quatro grandes empresas: Bosch, Renault, Rumo e Grupo Barigui se uniram para apresentar o projeto Station Lab. A iniciativa quer reocupar a antiga estação ferroviária, que faz parte do Shopping Estação, com um espaço de criação colaborativo, fomentando startups com potencial de desenvolvimento. Tal formato de trabalho e fomento já foi testado em outras cidades, como o projeto Cubo do Banco Itaú em São Paulo.

Participaram do evento o administrador regional da Matriz, Dirceu de Matos, o secretário do Urbanismo e Assuntos Metropolitanos, Julio Mazza de Souza, e representantes do IBPQ, Fiep, SPRO T.I, Renault do Brasil, Grupo Barigui, Rumo Logística, Associação Comercial do Paraná, Grupo Opet, PUC PR, Reurb, UFPR e Gazeta do Povo.

Endereço
Av. Cândido de Abreu, 817 - Centro Cívico
CEP: 80.530-908 • Fone: (41) 3350-8484