Registrar
Acesso à Informação
Pesquisar
Sáb, 25/06/16
Previsão do Tempo em Curitiba
maxima minima
16º
Prefeitura Municipal de Curitiba

Trânsito

Levantamento indica redução no número de acidentes na Área Calma

16/12/2015 09:56:00
  • Compartilhe
Rádio Prefeitura
Radio Prefeitura
Levantamento indica redução no número de acidentes na Área Calma

Baixe o Flash Player.

O primeiro levantamento sobre ocorrências de trânsito na região da Área Calma aponta para uma redução no número de acidentes desde a implantação do novo limite de velocidade, que é de 40 quilômetros por hora. Os dados mostram também que, nesse período, apenas 0,09% dos veículos que circulam diariamente pela região foram autuados por desrespeito ao limite de velocidade.

De acordo com dados do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), nas três semanas entre 16 de novembro (data de implantação plena do projeto) e 8 de dezembro foram registrados 28 acidentes nas cinco vias que delimitam o perímetro da Área Calma. No período imediatamente anterior – quatro semanas, entre 17 de outubro a 15 de novembro – foram 44 acidentes. Não houve acidentes com vítimas fatais nesses períodos.
 
O levantamento abrange as principais ruas que delimitam o perímetro da Área Calma: Inácio Lustosa, Mariano Torres, Visconde de Nácar, Luiz Leão e André de Barros. Nas duas últimas, o número de acidentes permaneceu o mesmo. Nas outras três, houve queda nos registros de acidentes. Na Inácio Lustosa, por exemplo, o total de acidentes caiu de 10 para 2. Na Mariano Torres, de 18 para 11. (VEJA TABELA)
 
O BPTran também fez levantamento dos acidentes de trânsito ocorridos nos 12 cruzamentos da Área Calma monitorados por radares, entre 17 de outubro e 8 de dezembro. Foram registrados 16 acidentes, sendo cinco em outubro, dez em novembro e um em dezembro.
 
“Para uma avaliação mais consistente vamos precisar de dados de um período mais extenso. Mas esse primeiro levantamento mostra resultados muito animadores e confirma que a redução da velocidade traz mais segurança para pedestres, ciclistas e motoristas, foco principal do projeto da Área Calma”, afirma a secretária municipal de Trânsito, Luiza Simonelli.
 
Ela destaca que a medida adotada em Curitiba vai ao encontro da recomendação para redução de velocidade nos centros urbanos assinada por 130 países reunidos na 2ª Conferência Global de Alto Nível em Segurança do Trânsito, realizada em novembro em Brasília (DF). O documento reconhece a redução de velocidade como mecanismo de proteção da vida. “Por isso, reforçarmos ainda mais esta mensagem para a população: reduzir a velocidade nas ruas evita mortes”, afirma Luiza.
 
Autuações
 
A Secretaria Municipal de Trânsito (Setran) fez um balanço das autuações registradas pela fiscalização eletrônica na Área Calma, entre os dias 16 e 30 de novembro.
 
Foram registradas 4.083 autuações,  uma média de 272 por dia – o que corresponde a apenas 0,09% dos 310.778 veículos que passam diariamente pelos cruzamentos com radares da região.
 
Foram 3.310 autuações por exceder o limite velocidade da via em até 20% além do permitido (40km/h); 437 por exceder o limite de velocidade da via entre 20% e 50% além do permitido; 198 por avanço de sinal vermelho; 103 por parada na faixa de segurança; 27 por exceder o limite de velocidade da via acima de 50% além do permitido; e oito por conversão proibida à esquerda.
 
“O fato de que menos de 0,1 % da frota diária que circula na Área Calma foi penalizada demonstra que a população está entendendo o propósito de uma regulamentação de velocidade nas vias e, consequentemente, uma obediência quanto às normas para circulação conforme o Código de Trânsito de Brasileiro”, diz o diretor de engenharia da Setran, Mauricio Razera.
 
Ele lembra que os condutores de veículos devem observar sempre a sinalização viária em todas as ruas da cidade e não somente na Área Calma ou em vias que possuam fiscalização eletrônica.

 

 

  • Compartilhe
Endereço
Av. Cândido de Abreu, 817 - Centro Cívico
CEP: 80.530-908 • Fone: (41) 3350-8484