Registrar
Acesso à informação
Prefeitura Municipal de Curitiba

Vistoria

Obra contra cheias atende Hauer, Fanny, Lindóia, Parolin e Guaíra

15/02/2017 16:49:00

O vice-prefeito e secretário de Obras Públicas e Infraestrutura, Eduardo Pimentel, vistoriou nesta quarta-feira (15), no Parolin, as obras de controle de cheias do Rio Pinheirinho e afluentes. Com investimento de R$ 121 milhões, a obra está sendo executada em três lotes. A sub-bacia do Rio Pinheirinho abrange o Rio Vila Guaíra e os córregos do Curtume, Henry Ford e Santa Bernadete.

“A orientação do prefeito Rafael Greca é conduzir esta obra com rapidez para garantir segurança e qualidade de vida dos cidadãos que sofrem com alagamentos na região”, afirmou Pimentel. “Esta é uma importante obra que vai melhorar o escoamento das águas e aumentar a vazão dos rios que fazem parte da Bacia do Belém.”

As intervenções preveem a construção de contenções com muros em concreto, indutores de retardo no fluxo da água, condutos forçados e estações de bombeamento que vão reduzir os alagamentos e beneficiar os moradores dos bairros Hauer, Fanny, Lindóia, Parolin e Guaíra.

Lotes

O primeiro lote da obra em execução é a de controle de cheias é no Rio Vila Guaíra/Córrego do Cortume. Com investimento de R$ 48,4 milhões, a obra está 15,6% concluída.

O segundo lote em andamento atende a extensão do Córrego Henry Ford com custo de R$ 42,3 milhões. Esse é o trecho mais adiantado, com 42,9% do trabalho concluído.

Já o terceiro lote compreende o Córrego Santa Bernadete, com custo de R$ 30 milhões e percentual executado de 7,11%. A obra está sendo executada pelo Consórcio Pinheirinho.

Pimentel estava acompanhado do líder comunitário Edson do Parolin, além de outras lideranças do bairro e da equipe técnica da Secretaria de Obras Públicas e Infraestrutura.

O Rio Pinheirinho se desenvolve em uma bacia totalmente urbanizada. A última intervenção de macro drenagem foi na década de 1950.

Manutenção de investimentos

Os trabalhos de macrodrenagem do Rio Pinheirinho e afluentes foi uma obra que a Prefeitura de Curitiba conseguiu manter, pois havia risco de o município perder os recursos federais para a obra devido ao atraso na execução.

A manutenção dos investimentos só foi possível porque o prefeito Rafael Greca conseguiu, no final do ano passado, prorrogar junto ao governo federal os prazos para a apresentação dos projetos e execução das obras.

São nove processos para importantes obras, como o reperfilamento, microdrenagem e construção de muro de contenção do Rio Belém. Além disso, está previsto o reperfilamento e contenção do Rio Atuba e obras no Rio Juvevê.

Endereço
Av. Cândido de Abreu, 817 - Centro Cívico
CEP: 80.530-908 • Fone: (41) 3350-8484