Registrar
Prefeitura Municipal de Curitiba

Cultura

Bienal de Curitiba vai ocupar mais de 100 espaços culturais da cidade até dezembro

03/10/2015 20:56:00

O prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, participou na noite deste sábado (3) da cerimônia de abertura da Bienal Internacional de Curitiba 2015, ocorrida no Museu Oscar Niemeyer. Nesta edição do evento, os organizadores optaram por priorizar a arte que vai para as ruas, com ações que não se restringem aos museus, centros culturais e galerias, mas que ganham o espaço urbano.

Para Gustavo Fruet, a Bienal também ajuda a caracterizar a forte vocação inovadora de Curitiba. “Além de trazer artistas dos mais diversos países, a Bienal desperta a participação dos nossos artistas e dos produtores locais e consolida Curitiba como uma cidade de referência em eventos dessa natureza. A própria característica da Bienal, com o uso de espaços públicos e abertos, busca a integração da arte com a cidade”, diz o prefeito.

A Bienal Internacional de Curitiba tem curadoria geral do crítico Teixeira Coelho e acontece na capital paranaense até o dia 6 de dezembro, com obras de artistas dos cinco continentes em mais de 100 espaços da cidade, entre museus, centros culturais, galerias e espaços de arte – tais como o Museu Municipal de Arte (MuMA), Solar do Barão, Museu da Gravura, Museu da Fotografia, Memorial de Curitiba, Museu Guido Viaro, Museu Oscar Niemeyer (MON), Centro Cultural Fiep, Catedral Metropolitana de Curitiba, Centro Cultural BRDE – Palacete dos Leões, Museu Paranaense, Museu de Arte da UFPR (MusA), Sesc Paço da Liberdade, Galeria APAP, Vox Bar e Shopping Pátio Batel.

Trabalhando neste ano com o tema “Luz do Mundo”, a comissão organizadora decidiu homenagear o artista franco-argentino Julio Le Parc, expoente da arte contemporânea e um dos pioneiros da arte cinética.

Histórico

A Bienal Internacional de Curitiba teve sua primeira edição em 1993, quando ainda se chamava Mostra VentoSul, com artistas da Argentina, Brasil e Paraguai. Em 2011, foi intitulada Bienal de Curitiba e transformou a cidade num grande espaço de arte contemporânea, com destaque para o projeto educativo visando democratizar as artes visuais

Circuitos

Com o intuito de expandir e consolidar seus vínculos locais, a Bienal apoia a realização de cinco circuitos: de Museus, de Galerias, de Ateliês, Universitário e de Cinema – este último realizado de 5 a 15 de novembro.

Roteiros

São quatro tipos de roteiros para quem quiser visitar a Bienal: a Pé, de Bicicleta, de Van e de Ônibus. Basta escolher qual o melhor trajeto, agendar a visita via site (bienaldecuritiba.com.br) e aproveitar tudo o que está exposto pela cidade. Quem quiser também pode adquirir um guia pocket bilíngue, que mostra onde as obras estão, seja nos espaços expositivos ou na rua.

Publicações

Com o início do evento, o guia com a programação da Bienal será distribuído nos espaços expositivos e em diversos pontos da cidade. O site oficial também incluirá toda a programação e as informações gerais. A Bienal conta com apoio da Prefeitura, por meio da Fundação Cultural de Curitiba.

Endereço
Av. Cândido de Abreu, 817 - Centro Cívico
CEP: 80.530-908 • Fone: (41) 3350-8484