Mobilidade avança com Complexo do Tarumã

Intervenção vai promover integração de transporte coletivo, dar agilidade ao trânsito e eliminar engarrafamentos

 

 

 

Obras que melhoram toda a região

A execução de uma obra sempre impacta a rotina dos moradores da região de influência da intervenção. Acesso a comércio, serviços e equipamentos públicos pode ficar prejudicado temporariamente. O objetivo da Prefeitura de Curitiba é concluir a obra no prazo previsto para reduzir os transtornos a moradores, consumidores, empresários e transeuntes.

É importante estar atento aos boletins informativos sobre o andamento da obra, novos desvios e bloqueios e seguir as orientações de segurança nas imediações dos canteiros e das atividades de máquinas e operários. Qualquer dúvida, entre em contato pela Central 156, pelo WhatsApp 41 99876-2903 ou com a Administração Regional mais próxima.

Veja os detalhes do projeto

Novas estações e alargamento do viaduto

Duas novas estações – Tarumã e Victor do Amaral – e o alargamento do viaduto serão as principais intervenções previstas no Complexo do Tarumã.  Para acomodar a Estação Tarumã e a canaleta exclusiva para o transporte coletivo, o viaduto será alargado. Na parte inferior, será instalada a Estação Victor do Amaral, permitindo a integração dos passageiros das linhas que percorrem a ligação entre Curitiba e Região Metropolitana, especialmente Pinhais e Piraquara. É a Prefeitura de Curitiba trabalhando para a melhoria da mobilidade na cidade, com mais eficiência nos deslocamentos pelo transporte coletivo e trânsito mais organizado.

A primeira fase da obra começa na próxima quarta-feira (25/01), com o bloqueio total da parte norte do Viaduto do Tarumã, que cruza a Av. Victor Ferreira do Amaral. Parte da rotatória sob a estrutura viária, do lado do Colégio Militar e da CCV, será totalmente bloqueada.

Futuras rotas com a conclusão da obra

Além do alargamento do viaduto e das duas novas estações de ônibus, o projeto prevê novos acessos para conexão com a Linha Verde Norte e Sul, além da revitalização de praças públicas – Cova da Iria e Mauro Ferreira - , novo paisagismo e iluminação no local. A Prefeitura realizou a licitação dos lotes em 2022 e a Trail Engenharia foi a vencedora da concorrência, no valor de R$ 92 milhões e prazo de 18 meses para conclusão.

Depois de pronto, os acessos à Linha Verde e à Victor Ferreira do Amaral pelo viaduto serão feitos pelas seguintes novas rotas:

  • Para acessar a Victor Ferreira do Amaral, sentido Pinhais, quem segue pela Linha Verde, sentido Sul, deverá entrar na Rua Bandeirante Dias Cortes, Avenida Afonso Pena, Rua Nabig Daher, Rua Presidente Epitácio Pessoa, até chegar à rua Victor Ferreira do Amaral, à esquerda. A partir daí, pode pegar o retorno para sentido Pinhais, ou seguir em frente, para Curitiba. 
  • Quem estiver na Victor Ferreira do Amaral, sentido Pinhais – Curitiba, para acessar a Linha Verde Sul, vai entrar na Rua Presidente Epitácio Pessoa, Rua Epaminondas Franco, Av. Afonso Pena, Rua Maria Ficinska, até o cruzamento com a Linha Verde.
  • Motoristas que estiverem na Linha Verde sentido Norte, para acessar Pinhais, deverão entrar na Rua Suécia, Rua Engenheiro Antônio Batista Ribas até a chegar à Rua Victor Ferreira do Amaral, à direita.
Banner

 

“Cada vez mais, Curitiba avança na execução de um planejamento estratégico que atende aos desafios das cidades do futuro, com atenção à mobilidade e resiliência às questões climáticas, como o impacto da poluição gerada pelo trânsito. O Complexo do Tarumã vai permitir integrações de transporte coletivo inéditas, melhorando a qualidade do serviço.”

Prefeito Rafael Greca

Início das obras

A primeira fase da obra, a partir de quarta-feira (25/1),  inclui a implantação e revitalização das vias que formarão os novos acessos ao viaduto, como a abertura da Rua Bandeirantes Dias Cortes, na proximidade da Concessionária CCV, do lado Norte da estrutura, além das fundações dos pilares do alargamento do viaduto. Para isso, todo o lado norte do viaduto será bloqueado, inclusive o retorno que hoje funciona na rotatória da Victor Ferreira do Amaral.

O isolamento da área é necessário para a segurança de moradores, transeuntes e operários e vai ser realizado pela construtora contratada. Os desvios de trânsito serão orientados por agentes nos primeiros dias e estarão sinalizados para maior conforto do motorista e usuários de transporte coletivo.

Rotas alternativas de trânsito

Com o bloqueio da rotatória sob o viaduto e as alças atuais da porção norte, os acessos para a Linha Verde Norte e Sul devem ser feitos por caminhos alternativos. Moradores e motoristas que usam essas vias também devem buscar novas rotas para evitar fluxo e lentidão no local.

ACESSO À LINHA VERDE NORTE

Banner

ACESSO À LINHA VERDE SUL

Banner

ACESSO PINHAIS/CURITIBA

Banner

Novo itinerário do ônibus Higienópolis

Nessa fase inicial, a linha de transporte coletivo 371 – Higienópolis será a única que vai ter o trajeto alterado pelo bloqueio da porção norte do viaduto. O ônibus vai seguir pela Rua Arcésio Guimarães, Av. Pres. Washington Luiz, e ruas Francisco Leal, Cláudio Chatagner, João Dalegrave, Anita Ribas, Dep. Antônio Lopes Júnior, Amazonas de Souza Azevedo e Fúlvio José Alice, sentido Terminal Bairro Alto.

Os pontos de parada da Rua Raphael Papa, Av. Affonso Penna, BR-476 e Rua Dante Angelote serão desativados. Serão instalados pontos de parada temporários na Praça Vila Lobos, Av. Pres. Washington Luiz e Rua Francisco Leal.  

DESVIO DA LINHA 371 - HIGIENÓPOLIS

Banner

 

 

 

Voltar para o Topo