Ir para o conteúdo
Prefeitura Municipal de Curitiba Acessibilidade Curitiba-Ouve 156 Acesso à informação
Obras e Urbanismo

Viadutos e Trincheiras – Manutenções

Os cidadãos podem solicitar à Prefeitura serviços de manutenções em viadutos e trincheiras, quando for para substituição parcial ou total de peças ou estruturas (guarda-corpo metálico ou de concreto) e pinturas. 

Fazem isto pela Central de Atendimento 156 (link em Serviço online, acima e abaixo na página), por chat online; e pelo telefone 156 (Curitiba) ou (41) 3074-6456 (demais cidades).

Guarda-Corpo

No caso das partes em concreto de viadutos e trincheiras, a manutenção é possível quando constatado que a estrutura da mureta de proteção (guarda-corpo) está quebrada ou mesmo faltando um módulo. Isto pode ocorrer por causa de acidentes de trânsito ou mesmo por vandalismo. A estrutura terá avaliação técnica da Secretaria Municipal de Obras Públicas - SMOP, para verificar a necessidade de reparo ou de substituição total.       

A manutenção também é feita pela SMOP, quando se observa que a estrutura metálica de viadutos e trincheiras está enferrujada, amassada ou falta alguma peça ou mais módulos do gradil metálico. Estas ocorrências são motivadas por desgaste, acidente de trânsito, vandalismo ou por furto.  A estrutura será avaliada para verificar se o caso é de reparo ou de substituição total.

Manutenção com a SGM

Quando for observado que as estruturas (guarda-corpo, pilares e paredes de vedação ou estrutural) estão desgastadas ou pichadas, a manutenção poderá ser solicitada à Secretaria do Governo Municipal - SGM, que deve verificar a necessidade de pintura parcial ou total em passarelas e trincheiras. Quanto a pontes e viadutos, estes serviços são da responsabilidade da SMOP

Multas por pichação

Atenção! Quem for flagrado pichando casas, prédios, muros, de particulares e estabelecimentos comerciais, sem autorização do proprietário, ficará sujeito à multa de R$ 5.000,00 (cinco mil reais). Quando se tratar de imóveis do patrimônio histórico, monumentos, bancos de praças, viadutos, e outros bens públicos, o valor da multa sobe para R$ 10.000,00 (dez mil reais).

O infrator será obrigado também a arcar com a indenização pelas despesas e custas da restauração.  É o que prevê a Lei Municipal n.º 15.089/2017

Secretaria Municipal de Obras Públicas