Prefeitura Municipal de Curitiba 156 Acesso à informação
Inovação

Startups do Vale do Pinhão estarão na 28ª Feira de Imóveis do Paraná

Startups do Vale do Pinhão estarão na 28ª Feira de Imóveis do Paraná. Na imagem Worktiba Barigui. Foto: Levy Ferreira/SMCS

 

A 28ª Feira de Imóveis do Paraná ofertará 30 mil imóveis para venda ou locação em Curitiba e região e, neste ano, vai contar também com um espaço para startups. A Agência Curitiba, que promove na Prefeitura as ações do movimento de inovação Vale do Pinhão, terá estande no evento, onde fundadores de startups mostrarão um pouco dos seus negócios para o público da feira.

A exposição vai de 14 a 18 de agosto no Centro de Eventos da Fiep, no Jardim Botânico. A expectativa da organização é receber dez mil visitantes e movimentar R$ 50 milhões em negócios realizados e encaminhados durante a feira.

O evento é promovido pela Associação dos Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário do Paraná (Ademi/PR) e o Sindicato da Indústria da Construção Civil no Paraná (Sinduscon-PR).

O estande da Agência Curitiba mostrará o trabalho feito com startups da cidade. "A Agência Curitiba busca promover desenvolvimento e inovação. Para isso temos programas de apoio a startups, entre eles os worktibas, espaços no Parque Barigui e no Cine Passeio que oferecem estrutura de coworking para as startups se desenvolverem”, diz Cris Alessi, presidente da Agência Curitiba.

O espaço terá a presença das startups Veever, Boa Impressão, Favo, Beetools e Start Home.

A Veever é uma startup de mobilidade para pessoas com deficiência visual. Foi idealizada em novembro de 2015, quando venceu a Hackathon da Prefeitura de Curitiba. É um dispositivo que se comunica com um aplicativo e por meio de um assistente de voz auxilia pessoas com deficiências visuais a se locomover com mais facilidade.

Outra atração na feira será a impressora 3D Stella da startup curitibana Boa Impressão 3D. A ideia de montar um equipamento com fácil manutenção e mais barato que as impressoras importadas foi pensada em 2013. De lá pra cá, o projeto virou produto e já foram fabricadas e vendidas para todo o Brasil mais de mil impressoras.

Já a Beetools é uma Edtech (startup com foco em educação) que nasceu com o propósito de revolucionar o ensino de idiomas através do uso da tecnologia. Combina ferramentas como realidade virtual, inteligência artificial, big data e gamificação com metodologias ativas de ensino, além de um professor presencial.

Também estará lá a Start Home, startup que criou uma plataforma de autoatendimento para aquisição de imóveis do programa Minha Casa Minha Vida. É uma startup que está abrigada no Worktiba do Cine Passeio.

A startup Favo Tecnologia, por sua vez, desenvolve soluções para moradores de centros urbanos que tem ou desejam ter uma horta em casa, com uma rede que possibilita fácil acesso ao conhecimento sobre práticas de agricultura urbana.