Ir para o conteúdo
Prefeitura Municipal de Curitiba Acessibilidade 156 Acesso à informação
Formação

Programa da Prefeitura forma adolescentes para o mercado de trabalho

Prefeito Rafael Greca participa da Formatura dos Alunos do Programa de Formação para o Primeiro Emprego. Curitiba, 08/11/2019. Foto: Lucilia Guimarães/SMCS

 

Depois de oito meses de curso preparatório para o mercado de trabalho, a adolescente Susana Letícia da Anunciação, 17 anos, comemora a contratação por uma empresa. Como aprendiz, ela trabalhará na área administrativa e faz planos para o futuro. Susana fez parte da primeira turma do programa Formação para o Primeiro Emprego que, nesta sexta-feira (8/11), promoveu uma grande festa de formatura. O evento aconteceu no Campus da Indústria, da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), um dos parceiros do programa da Prefeitura.

“Gostei muito do programa porque ele focou na aprendizagem dos alunos, no mundo do trabalho. Com isso, saímos com bastante bagagem e preparados para trabalhar em qualquer lugar”, disse a adolescente. Susana foi contratada pela empresa Ecosystem, na modalidade de cota, o que permitirá que ela preste serviço na Fundação de Ação Social (FAS).  

O prefeito Rafael Greca parabenizou os adolescentes pela conquista. “Os formandos que estão aqui se dedicaram 400 horas para se qualificar. Estão dando um passo à frente em direção ao primeiro emprego e, na primeira entrevista, vão poder dizer que são qualificados e que são capazes de aprender”, disse.

Greca incentivou os adolescentes a não ter medo do futuro. “Confiem e avancem. Digam: eu sou de Curitiba, a melhor e mais inovadora cidade do país.” O prefeito se colocou como padrinho dos jovens, junto com a primeira-dama, Margarita Sansone, e brincou que assinará embaixo, se um deles precisar de recomendação para alguma empresa.   

Empregabilidade    

O programa Formação para o Primeiro Emprego teve início em fevereiro deste ano. Desenvolvido pela Prefeitura, por meio da Fundação de Ação Social – FAS Trabalho, e vários parceiros, ofereceu oficinas e atividades que tiveram o objetivo de elevar o nível de empregabilidade de meninos e meninas, principalmente aqueles que vivem em situação de vulnerabilidade social. 

Um grupo de 552 adolescentes participou da formatura, nesta sexta-feira (8/11). O programa começou com 1.000 jovens e, ao longo do caminho, 138 deles já foram contratados por empresas como aprendizes. Outros 280 desistiram das aulas porque entraram na faculdade, mudaram de endereço, pegaram licença maternidade ou ficaram doentes.  

O presidente da Fundação de Ação Social (FAS), Thiago Ferro, disse que a formatura é resultado de muito trabalho e parabenizou os servidores envolvidos na ação. Thiago também cumprimentou os adolescentes. “Quando olho para cada um de vocês, vejo o futuro de Curitiba, uma cidade que amamos. Precisamos de pessoas com princípios para continuar tudo o que essa cidade representa para nós e para o país.”    

Programa  

As aulas do Primeira Emprego foram feitas nos Liceus de Ofício das Ruas da Cidadania de toda a cidade. Os adolescentes foram divididos em dois grupos.

No primeiro, alunos de 14 e 15 anos tiveram aulas de língua portuguesa, matemática básica, introdução à informática e ao mundo dos negócios, empreendedorismo, trabalho voluntário, palestras, oficinas, orientação profissional e visitas monitoradas a empresas, entre outras abordagens pedagógicas.

O segundo grupo, formado os adolescentes de 15 e 17 anos, participou de oficinas de leitura e comunicação, relações socioprofissionais, cidadania e ética; saúde e segurança do trabalho; planejamento e organização do trabalho; raciocínio lógico e análise de dados; gestão contábil e financeira; e operações logísticas.

Parceiros 

O programa contou com parceiros importantes. O Senai promoveu as aulas de iniciação profissional com aulas de Português, Matemática  e Informática Básica. O Sebrae fez a introdução ao empreendedorismo; enquanto a Associação Voluntários Amigos (AVA), tratou de serviço voluntário e a Junior Achievement, do mundo dos negócios.

O Instituto Teen Coach promoveu palestras para sensibilizar os adolescentes para o desenvolvimento humano e a FAS ofereceu oficinas comportamentais, por meio do Programa Mobiliza.

Todos os alunos também conheceram os cursos profissionalizantes do Instituto Federal do Paraná (IFPR) e fizeram visitas guiadas à RPC, rádios 98 FM e Mundo Livre, Jornal Gazeta do Povo e Tribuna do Paraná, para conhecer os espaços e os profissionais, além da Câmara de Vereadores.

O programa contou também com a parceria do professor Fábio Mendes que desenvolveu atividades com os alunos para tratar de novas formas de aprendizado e comportamento.

Durante a solenidade, o prefeito e representantes de cada parceiro do programa foram homenageados com placas produzidas no Fab Lab Cidadania Cajuru.

Presenças

Participaram da solenidade a procuradora do Ministério Público do Trabalho 9ª Região, Mariane Josviak, a gerente do Sistema Fiep, Giovana Chimentão, que representou o presidente da Fiep, Carlos Valter Martins, o diretor do Sebrae, José Gava Neto, e o  superintendente do FAS Trabalho, Fabiano Vilaruel. E também o vereador Alex Rato, professores e familiares.