Ir para o conteúdo
Prefeitura Municipal de Curitiba Acessibilidade 156 Acesso à informação
Vacinação contra o sarampo

Primeira fase da Campanha Nacional vai até o dia 25

Vacinação contra o sarampo. Foto: Cesar Brustolin/SMCS

A primeira fase da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo 2019 vai até 25 de outubro. Nesta etapa, o público-alvo prioritário é crianças de 6 meses a menores de 5 anos.

A campanha acontece de segunda a sexta-feira, nas 110 unidades de saúde de Curitiba. No dia 19 de outubro, sábado, haverá o dia D, em que algumas unidades vão abrir para a intensificação da vacinação.

De acordo com a estratégia adotada pelo Ministério da Saúde, a campanha é “seletiva”, ou seja, a vacinação é direcionada àqueles que fazem parte do público alvo e que não tenham sido vacinados anteriormente ou que não estejam com a situação vacinal em dia, conforme o calendário nacional de vacinação (leia mais abaixo).

Segundo o Ministério da Saúde, ainda, a escolha do público-alvo da primeira etapa, principalmente aqueles menores de 1 ano, se deve pelo fato de nesta faixa etária haver maior incidência da doença (número de casos por população) e risco de desenvolver complicações decorrentes do sarampo.

De acordo com o diretor do Centro de Epidemiologia da Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba, Alcides Oliveira, nesta primeira etapa da campanha, o foco maior no município da vacinação deve ser para os bebês de 6 a 11 meses, uma vez que a recomendação de vacina para crianças nesta faixa etária é recente pelo Ministério da Saúde (leia mais abaixo). Por outro lado, segundo ele, a cobertura do município para as crianças maiores já é alta.

“Para as crianças de 1 ano de idade a nossa cobertura é de 101,7% em relação à primeira dose e 93,6% em relação à segunda dose, segundo dados até o final do último mês. E, nos dez anos anteriores, essa cobertura ficou entre 93% e 100,4%”, explica. 

Segunda etapa

A segunda etapa da campanha acontece entre os dias 18 e 30 de novembro, de segunda a sexta-feira, nas 110 unidades de saúde de Curitiba. O dia D será em 30 de novembro, sábado, em que algumas unidades vão abrir para a intensificação da vacinação. Nesta segunda etapa, o público-alvo será jovens adultos entre 20 a 29 anos.

De acordo com o Ministério da Saúde, o público-alvo da segunda etapa foi definido levando em consideração que nesta faixa etária está o maior número de indivíduos que são acometidos (em números absolutos) pela doença no surto registrado no país.

Calendário Nacional de Vacinação

Em Curitiba, mesmo com a campanha, a vacinação de rotina nos 110 postos de saúde não deixa de acontecer, seguindo o recomendado pelo Ministério da Saúde, no Calendário Nacional de Vacinação.

De acordo com esse calendário, crianças, adolescentes e adultos de até 29 anos devem ter duas doses da vacina contra o sarampo, feitas após um ano de idade. Adultos de 30 a 49 anos devem ter pelo menos uma dose, feita após um ano de idade.

Desde o dia 22 de agosto, o Ministério da Saúde também recomendou uma dose extra para bebês entre 6 a 11 meses. Essa dose promove imunidade temporária, sendo necessário, após um ano, realizar as vacinas previstas no calendário de rotina da criança.

Até 2/10 deste ano, foram realizadas em Curitiba 161.695 doses de vacina contra o sarampo – 60% a mais do que o ano anterior todo e mais que o dobro das realizadas durante todo o ano de 2017. 

Contraindicação

A vacina é contraindicada para menores de 6 meses, gestantes, pacientes imunodeprimidos ou com histórico de reação alérgica grave, após dose prévia ou após contato com as substâncias que compõem a vacina.

Recomenda-se também um intervalo de 30 dias após a vacina para as mulheres que desejam engravidar.

 

Primeira etapa da campanha

7 a 25 de outubro (segunda a sexta-feira, em horário comercial, em 110 unidades de saúde)
Dia D – 19 de outubro (algumas unidades abrirão neste sábado)
Público alvo – crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade

Segunda etapa da campanha

18 a 30 de novembro (segunda a sexta-feira, em horário comercial, em 110 unidades de saúde)
Dia D – 30 de novembro (algumas unidades abrirão neste sábado)
Público alvo – população de 20 a 29 anos de idade