Ir para o conteúdo
Prefeitura Municipal de Curitiba Acessibilidade Curitiba-Ouve 156 Acesso à informação
Diálogo

Prefeitura recebe sindicato dos professores para segunda reunião da semana

 

Nesta terça-feira (9/6), a pauta da reunião entre representantes da Prefeitura de Curitiba e do Sindicato dos Servidores do Magistério Municipal de Curitiba (Sismmac) foi composta por assuntos relativos ao Instituto Curitiba de Saúde (ICS) e ao Instituto de Previdência dos Servidores do Município de Curitiba (IPMC).

A reunião foi realizada na sede da Secretaria da Administração e Gestão de Pessoal e deu continuidade à pauta iniciada nesta segunda-feira (8/6) com o Sismmac, sobre temas específicos da educação.

Nesta terça, o diretor de Previdência do IPMC, Hélio José Pizzatto, explicou que a composição dos conselhos Administrativo e Fiscal do Instituto está adequada e se manterá assim, conforme o entendimento da gestão atual. Além disso, a alíquota progressiva será substituída por uma alíquota de 14% por determinação constitucional, o que deve acontecer até o final do ano.

Em relação ao ICS, o representante do Instituto, Daniel Falcão, explicou que não é possível atualmente se fazer alteração na alíquota para servidores.

Sobre o pleito do sindicato de rediscutir com os trabalhadores a gestão, financiamento e plano de benefícios, Daniel esclareceu que o ICS entende que isso vem sendo atendido, em razão da participação sindical.

Ao ser questionado pelo diretor do Sismmac Wagner Argenton, o representante do ICS também reiterou a manutenção do atendimento odontológico.

Próxima reunião

Os demais temas específicos da educação – ligados a condições de trabalho - voltarão à pauta em encontro agendado para o próximo dia 22.

Sobre os itens relacionados a questões financeiras, a superintendente de Gestão de Pessoal, Luciana Varassin, explicou que eles ficam atrelados a este momento de pandemia do coronavírus e, portanto, sujeitos ao plano anticrise.

“São assuntos que poderão ser retomados mais tarde, conforme a evolução das receitas”, pontuou a superintendente.

 

LEIA MAIS