Ir para o conteúdo
Prefeitura Municipal de Curitiba Acessibilidade 156 Acesso à informação
Qualidade de vida

Prefeitura licita R$ 2 milhões em projetos do Bairro Novo da Caximba

Está aberta a concorrência pública para a contratação dos projetos executivos do Bairro Novo da Caximba, a maior intervenção socioambiental da história recente de Curitiba. Ilustração: IPPUC

Está aberta a concorrência pública para a contratação dos projetos executivos do Bairro Novo da Caximba, a maior intervenção socioambiental da história recente de Curitiba. 

O edital, publicado pelo Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), é para a contratação de projetos de engenharia e arquitetura que somam R$ 2.004.154,50 (dois milhões, quatro mil cento e cinquenta e quatro reais e cinquenta centavos) para a implantação de um parque linear às margens do Rio Barigui, intervenções de macro e microdrenagem, infraestrutura viária e elaboração do Relatório Ambiental Prévio para a urbanização da Vila 29 de Outubro.

As informações podem ser acessadas pelo endereço www.curitiba.pr.gov.br no banner de acompanhamento das licitações.

“Estamos dando encaminhamento a um grande legado para a população de Curitiba. O projeto é uma das prioridades do prefeito Rafael Greca para que haja o resgate social e o equilíbrio ambiental de uma área sensível da cidade”, afirma o presidente do Ippuc, Luiz Fernando Jamur.

Os envelopes contendo Proposta Técnica, Proposta de Preços e Documentos de Habilitação deverão ser protocolados simultaneamente no Serviço de Protocolo do Ippuc, na Rua Bom Jesus, 669, Cabral, até às 11h30 do dia 15/04/2019. Os envelopes contendo as propostas técnicas serão abertos em sessão pública às 14h do mesmo dia.

O Ippuc também está trabalhando na elaboração da carta-consulta junto ao Ministério da Economia com vistas a viabilização de um financiamento externo para a execução das obras. O custo estimado da intervenção no Bairro Novo da Caximba é de R$ 200 milhões e a Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) já manifestou interesse  na continuidade da parceria com Curitiba em financiamentos de projetos socioambientais.


Ocupações irregulares darão lugar ao bairro ecológico

O projeto Bairro Novo da Caximba é uma intervenção socioambiental promovida pela Prefeitura de Curitiba numa área que abriga um conjunto de vilas derivadas de ocupação irregular, que se formaram ao longo dos últimos dez anos, num movimento de ocupação fomentado por venda irregular de terrenos e espaços para descarga de caliça.

O ponto de partida é o reassentamento de famílias da Ocupação 29 de outubro, instalada em Área de Proteção Ambiental (APA), no encontro das bacias dos rios Barigui e Iguaçu, em um terreno de propriedade do Instituto das Águas do Paraná. 

O projeto prevê a realocação de 1.147 unidades habitacionais de forma a garantir a segurança e a qualidade de vida das pessoas, bem como a conservação das bacias dos Rios Iguaçu e Barigui e dos ecossistemas existentes na região. 

O conjunto das ações se soma à implantação de um dique de contenção de cheias, construção de um parque linear, urbanização da faixa edificável, adequação viária e implantação de infraestrutura de transporte, de saneamento e de abastecimento de água e energia elétrica na área consolidada.

Ações

Desde o início desta gestão, a Prefeitura tem feito ações permanentes de suporte aos moradores da região. Em julho do ano passado, o prefeito Rafael Greca assinou decreto que definiu a área como Setor Especial de Habitação de Interesse Social – Regularização Fundiária da Caximba, que inclui além da Vila 29 de Outubro as ocupações irregulares Vila Dantas, Vila Espaço Verde e Vila Primeiro de Setembro.

A Cohab faz o monitoramento permanente da área e, em paralelo, a Prefeitura tem realizado mutirões de Saúde, limpeza das áreas inundadas e de atenção social. Por intermédio da FAS e em parceria com a comunidade local e a Associação das Empresas da Cidade Industrial de Curitiba (Aecic) também é feita a capacitação de jovens para atuar nas empresas da Cidade Industrial de Curitiba.