Ir para o conteúdo
Prefeitura Municipal de Curitiba Acessibilidade Curitiba-Ouve 156 Acesso à informação
Infraestrutura

Prefeitura abre licitação para projeto do novo viaduto do Orleans

A nova estrutura irá funcionar como uma rotatória estendida e elevada para a ligação dos dois lados da rodovia sem interrupções. Ilustração: IPPUC

 

A Prefeitura de Curitiba publicou, nesta segunda-feira (16/8), o edital de licitação (Concorrência Pública 4/2021) para o projeto de engenharia do novo viaduto do Orleans.

“É um sonho antigo que aos poucos vai se transformando em realidade. A Prefeitura de Curitiba fez a sua parte com o projeto básico. Agora, com os recursos repassados pelo Governo do Estado, será contratado o projeto de engenharia que irá orientar as futuras obras do novo viaduto do Orleans”, afirma o prefeito Rafael Greca.

Orçado em R$ 1.651.655,60, o projeto executivo será contratado com recursos repassados ao município pela Secretaria de Estado da Infraestrutura e Logística (Seil), como parte de convênio firmado pela Prefeitura de Curitiba e o Governo do Estado, em agosto do ano passado. Deste total, R$ 1.170.304,39 serão em recursos da secretaria e R$ 491.351,21 em contrapartidas da Prefeitura.

A data de recebimento da proposta é 4 de outubro e a previsão contratual para conclusão do projeto de engenharia do novo viaduto é de 360 dias. Com o projeto concluído será possível licitar as obras, que têm custo estimado em R$ 30 milhões e serão custeadas com recursos do estado.

Os processos licitatórios foram encaminhados pelo Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc). Além do viaduto, fazem parte da revitalização viária o cruzamento da Rua Professor João Falarz e Avenida Vereador Toaldo Túlio com a BR-277.

Rotatória estendida

A nova estrutura irá funcionar como uma rotatória estendida e elevada para a ligação dos dois lados da rodovia sem interrupções. Será melhorada a mobilidade para a integração das regiões da CIC ao Campo Comprido e Orleans com São Braz e Santa Felicidade ao restante do norte de Curitiba. O viaduto também vai melhorar o acesso à BR 277 na integração metropolitana com Campo Largo.

O novo viaduto do Orleans vai facilitar os deslocamentos na região, que hoje tem o trânsito saturado. Pelo viaduto existente passam 3 mil veículos por hora nos picos de maior movimento. 

A estrutura do viaduto existente será mantida ao centro e ganhará projeto paisagístico. No que seria a pista do viaduto antigo o uso será exclusivo para a travessia de pedestres e ciclistas.