Prefeitura Municipal de Curitiba 156 Acesso à informação
Integração funcional

Novos professores começam a trabalhar nesta semana na rede municipal

Integração funcional de novos Professores da Rede Municipal de educação, no auditório do Mercado Municipal. Na imagem Flavia de Almeida - Curitiba, 12/02/2019 - Foto: Daniel Castellano / SMCS

Os professores aprovados em concurso e que foram chamados no início deste ano começam a trabalhar nesta semana nas unidades educacionais da Prefeitura. A Integração Funcional começou nesta terça-feira (12/2), no auditório do Mercado de Orgânicos.

A atividade organizada pela Secretaria de Recursos Humanos vai até sexta-feira (15/2) com os 380 profissionais do magistério (docência I) que estão ingressando na Prefeitura.

As reuniões de integração são a oportunidade que os professores têm de saber como deverão cuidar da vida funcional. "Todos recebem informações importantes no encontro, mesmo aqueles que já trabalham na Prefeitura e estão assumindo um segundo padrão como professor", disse Carmen Araújo dos Santos, do Núcleo de Recursos Humanos da Educação, ao grupo.

Ela falou sobre o RH 24 Horas, site dedicado aos servidores da Prefeitura, o RH Orienta, que reúne mais de 70 temas diferentes e que podem interessar aos professores, entre eles, assuntos que também foram apresentados na reunião, como auxílio-transporte, auxílio-refeição, férias, acidente de trabalho, estágio probatório (período de três anos de efetivo exercício do cargo, após o qual o servidor conquista a estabilidade).

No dia seguinte à integração, os professores começam a trabalhar nas unidades escolhidas. Este é o caso de Kelly Batista e Flavia de Almeida.

Aos 33 anos, Kelly, que já é professora universitária, está otimista com a nova fase que começa nesta quarta-feira (13/2) na Escola CEI Padre Francisco Meszner, na CIC. "Pela primeira vez vou trabalhar com as séries iniciais. Já dei aula em escolas do Governo do Estado, onde as turmas são do quinto ano ao ensino médio, e já lecionei na Educação de Jovens e Adultos", conta a professora, que gostou do que ouviu na reunião. "Conhecer as possibilidades nos dá segurança em relação a esse ambiente", completa.

Cursos gratuitos

Professora há três anos, Flavia, que tem 32 anos e trabalha na rede particular de ensino, acredita que tudo o que vai aprender poderá ser aproveitado em sua vida profissional, onde quer que ela atue. Flavia foi estagiária da mesma unidade onde vai trabalhar a partir de 2019, a Escola Municipal CEI Professora Nair de Macedo, no Novo Mundo. "Na escola particular é o professor que busca livros e cursos. E é o professor que paga também", disse ela.

Kelly e Flavia gostaram de saber das possibilidades oferecidas pela Secretaria da Educação na área de desenvolvimento profissional. Durante a Integração Funcional, os professores veem como participar dos cursos oferecidos especialmente para os profissionais da educação, sem custos.

Eles também conhecem as opções para enriquecimento cultural através das atividades propostas pela Gerência de Educação e Cultura. "Frequentar espetáculos é uma forma de aprendizado e vocês podem ter acesso", disse a gerente Margareth Fuchs. Ela falou do projeto Cultura em Movimento, que sorteia ingressos para os professores que se inscrevem, e também da Agenda Gratuita, que reúne os eventos da cidade que têm entrada franca.

O grupo também conheceu o funcionamento da Gerência de Apoio Gráfico, responsável pela produção de material utilizado nas unidades e o programa Linhas do Conhecimento, que proporciona aulas de campo para que as crianças adquiram conhecimento e ao mesmo tempo conheçam e cuidem da cidade.

Previdência

Os servidores também conheceram os planos de aposentadoria no município, com as apresentações da gerente de relacionamento do Instituto de Previdência dos Servidores do Município de Curitiba (IPMC), responsável pelo regime próprio de previdência, Daniélle Sass, e a da diretora de Previdência da CuritibaPrev, o plano complementar dos servidores da Prefeitura, Jocelaine Moraes de Souza.

Representantes da Caixa Econômica Federal, do Cartão Qualidade, do plano de saúde do ICS (Instituto Curitiba de Saúde) também falaram aos servidores.

Regina Célia da Silva Rosa, do Núcleo de Informação e Tecnologia, destacou a importância de cada servidor cuidar do seu e-mail, não informar a senha e manter o uso restrito ao trabalho. "O e-mail é corporativo, não deve ser usado para assuntos particulares e é passível de auditoria", alertou.