Ir para o conteúdo
Prefeitura Municipal de Curitiba Acessibilidade Curitiba-Ouve 156 Acesso à informação
Servidores

Médicos do ICS telefonam para pacientes idosos durante a pandemia

Serviço de teleassistência aos pacientes idosos do ICS. - Na imagem, a médica Pricila Nishikawa. Curitiba, 05/05/2020. Foto: Luiz Costa /SMCS.

 

 

Médicos e outros profissionais do Instituto Curitiba de Saúde (ICS), o plano de saúde dos servidores e dos seus dependentes, já entraram em contato, por telefone, com mais de 1.400 pessoas, entre servidores, seus dependentes, aposentados e pensionistas da Prefeitura de Curitiba. O serviço de teleassistência para os vinculados ao ICS começou há um mês.

As ligações são para saber como estão os pacientes, monitorar o quadro geral de saúde e alertar sobre os cuidados que todos devem ter para se prevenir do novo coronavírus.

“Nós destacamos a importância do isolamento domiciliar dos idosos neste momento. Eles representam o principal grupo de risco da pandemia do novo coronavírus. Com base nas informações dos prontuários, também conversamos com eles para que aqueles que são portadores de doenças crônicas, como hipertensão e diabetes por exemplo, não interrompam seus tratamentos”, diz a médica Priscila Nishikawa, que coordena a supervisão médica do ICS e o serviço de teleassistência destinado aos idosos.

Beneficiários com 80 anos ou mais foram os primeiros a receber as ligações. Em seguida, os que têm de 75 a 79 anos. Neste momento estão recebendo as ligações aqueles que têm de 70 a 74 anos. A meta do ICS é entrar em contato com todos os que têm 60 anos ou mais, um total de 19,3 mil pessoas.

Durante a conversa com o paciente, o profissional de saúde também fala sobre alimentação, atividade física e aborda aspectos relacionados à saúde mental.

Quando necessária a receita de algum medicamento, ele pode ser prescrito pelo médico e enviado por e-mail. Outra possibilidade é disponibilizar a receita para que alguém da família do paciente possa retirar na recepção do ICS.

Alerta

Chama a atenção da equipe o número significativo de pessoas com as quais eles não conseguem fazer contato. Quase 1000 pessoas para as quais foram feitas ligações tinham o telefone incorreto, com base no banco de dados do ICS.

“Aproveitamos para fazer um alerta aos nossos beneficiários, pois uma parcela significativa está com os telefones de contato desatualizados, ou seja, o número não é mais daquele paciente. Isso é fundamental sempre, pois o ICS precisa ter como falar com os beneficiários”, alerta Priscila Nishikawa.

Ela acrescenta que quando o telefone não atende, a equipe volta a entrar em contato noutro horário.

Quem precisar alterar o número do telefone ou e-mail cadastrado no ICS, pode fazer a mudança pelo site do ICS. Já a alteração do endereço e outras informações devem ser modificadas diretamente com o setor de Gestão de Carteira pelo telefone 3330-6134.

Central de atendimento do ICS

Todos os idosos são informados sobre os telefones que o ICS disponibilizou para o atendimento dos beneficiários durante a pandemia, independentemente da idade.

Para esclarecer as dúvidas sobre as medidas preventivas relativas ao novo coronavírus, e para saber como proceder em relação a consultas, exames, cirurgias e outros procedimentos, basta telefonar para 3330-6043 ou 3330-6063, de segunda a sexta-feira, das 9 horas às 17 horas.

Levantamento feito pelo ICS sobre o serviço oferecido devido à epidemia do novo coronavírus mostra que em pouco mais de um mês, entre 18 de março e 23 de abril, o Instituto recebeu mais de 1.100 ligações.

O Teleatendimento do ICS, para informações gerais sobre o plano de saúde, solicitação de guias de exames, dentre outras solicitações, está mantido pelo telefone 3131-6100. O serviço funciona todos os dias da semana (incluindo sábados, domingos e feriados), das 6 horas às 22 horas.