Prefeitura Municipal de Curitiba 156 Acesso à informação
Aprimoramento

Guardas municipais começam curso de atualização profissional

Guarda Municipal dá início ao curso de qualificação profissional. Curitiba, 31/01/2019. Foto: Valdecir Galor/SMCS

Os cerca de 1,3 mil guardas municipais que fazem parte do quadro efetivo da corporação vão passar por cursos de aperfeiçoamento ao longo do ano. Divididos em turmas de 50 a 60 participantes, os guardas são atualizados em conteúdos diversos nas aulas que começaram na semana passada e vão até dezembro.

“A intenção é alcançar todos os profissionais da ativa para mantê-los informados com novidades, nas mais diferentes áreas, e preparados tecnicamente”, explica o secretário da Defesa Social e Trânsito, Guilherme Rangel.

Os módulos da qualificação abrangem legislação de trânsito, uma área que, desde o ano passado, passou a integrar a rotina dos guardas municipais credenciados para fiscalizar e coibir estacionamento irregular, motoristas sem cinto de segurança ou que dirigem enquanto usam o telefone celular.

“Essa continuidade no preparo é fundamental para que os guardas tenham novos olhares, debatam sobre situações com as quais se deparam no dia a dia e aperfeiçoem a parte operacional”, acrescenta o secretário.

Policiamento comunitário, trabalho na Patrulha Maria da Penha, justiça restaurativa e relacionamento com a imprensa são outros temas abordados, além da parte prática de abordagem, contenção e prática de tiro.

Oferta de conteúdos

Toda a organização é feita dentro da Guarda Municipal, sob coordenação do Centro de Formação e Desenvolvimento Profissional, localizado no bairro CIC e responsável pela oferta dos mais variados conteúdos. Em 2018, 1.216 guardas passaram por diferentes qualificações profissionais.

Para atuar em operações policiais com cães, por exemplo, foram capacitados 64 servidores. Outros 53 fizeram aulas de Língua Brasileira de Sinais (Libras) e 531 cursos relacionados à Defesa Civil, para aprimorar as técnicas e procedimentos de pronto-atendimento em situações de emergência.

Os guardas também fazem cursos a distância ofertados pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), que englobam temas como direitos humanos aplicados à atuação policial (1.118 servidores) e videomonitoramento (60 servidores).