Ir para o conteúdo
Prefeitura Municipal de Curitiba Acessibilidade Curitiba-Ouve 156 Acesso à informação
Oração

Greca pede paz aos povos durante celebração do Dia de Nossa Senhora de Fátima

Prefeito Rafael Greca presente no Santuário de Nossa Senhora de Fátima, no Tarumã - Curitiba, 13/05/2022 - Foto: Daniel Castellano / SMCS

Na noite desta sexta-feira (13/5), dia que os católicos celebram o Dia de Nossa Senhora de Fátima, o prefeito Rafael Greca rogou à santa suas preces de paz aos povos, em uma época que o mundo ainda tenta superar a pandemia da covid-19 e se depara com a guerra no leste europeu, entre Rússia e Ucrânia. O pedido foi feito durante a missa realizada no Santuário de Nossa Senhora de Fátima, no Tarumã.
A missa foi realizada em homenagem à santa, no dia em que os católicos celebram o 105º aniversário de sua primeira aparição a três crianças pastoras – Lucia, Jacinta e Francisco – nas colinas da Cova da Iria, em Portugal, no ano de 2017. 

“Nunca se ouviu dizer que algum pedido feito à Maria não tivesse sido ouvido. O que vos rogamos é a paz constante e a prosperidade completa da terra e da gente de Curitiba, do Paraná, do Brasil e do mundo. A paz nas terras da Rússia e da Ucrânia” destacou.

O santuário curitibano – que corresponde ao Santuário de Fátima em Portugal e, por isso, é um destino de peregrinação e oração dos devotos – ficou repleto de fieis, vindos de vários pontos da cidade para celebrar a data do calendário católico.
Durante a missa, conduzida pelo pároco e reitor do Santuário, Jonacir Francisco Alessi, acompanhado do Monsenhor Estanislau Polakowski e do pároco da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, Frei João Nilson, os fieis relembraram a história das aparições da Virgem aos pastorzinhos portugueses.
“Em um tempo da Primeira Guerra Mundial, da pandemia da gripe espanhola, ela apareceu com uma luz intensa, refletindo a luz pascal do Cristo que ressuscitou a essas crianças. Se hoje, em uma nova pandemia, fomos atraídos a este Santuário, é porque somos devotos de uma mãe eleita por Jesus, que nos pede para não ter medo”, disse o pároco.
O dia 13 de maio também é a data em que duas das três crianças – Jacinta e Francisco – foram canonizados pelo Papa Francisco. Vítimas da gripe espanhola ainda na infância, foram as duas primeiras crianças não-mártires a serem canonizadas pela Igreja. A terceira, Lucia, atingiu a vida adulta e viveu até 2005, propagado a história de fé ao mundo.

Mês de celebrações

A missa foi transmitida ao vivo para todo o Brasil pela TV Evangelizar como parte das celebrações em homenagem à Nossa Senhora de Fátima no santuário. Durante toda a sexta-feira (13/5), foram realizadas procissões, missas e orações e peregrinos que foram ao local para reforçar seus pedidos e agradecer por graças alcançada.
Desde o início do maio, os fieis participam de novenas e missas em celebração à Virgem. As festividades seguem neste sábado (14/5), com bingo.

Monumento da cidade

Além do santuário curitibano, a cidade tem um monumento dedicado à Nossa Senhora de Fátima, inaugurado em 1994 por Rafael Greca, em seu primeiro mandato como prefeito. 
É um monumento que conta com uma capela com a imagem da Virgem, de visitação pública, na Praça Cova da Iria, em frente à Igreja. O nome da praça é uma referência ao local em que ocorreram as aparições da santa, em Portugal.