Prefeitura Municipal de Curitiba 156 Acesso à informação
Vale do Pinhão

Ecossistema de inovação de Curitiba ganha espaço de inovação aberta

Dennis Boecker, Global Innovation Lead; Frank Heine, diretor de vendas Powertrain Solutions; Cris Alessi, presidente da Agência Curitiba; Gaston Diaz, vice-presidente da Bosch Latin América, e Daniel Lange, Innovation Leader da Bosch em Curitiba. Foto: Divulgação

O ambiente de inovação de Curitiba ganhou o primeiro espaço de inovação aberta da Bosch na América do Sul. O projeto foi inaugurado na terça-feira (13/8) em parceria com o Distrito Spark CWB, e fica no prédio da FAE Business School. 

O objetivo é ter uma área de cocriação para impulsionar o desenvolvimento de soluções e novos modelos de negócios que envolvem Internet das Coisas (IoT, Internet of Things, na sigla em inglês) em diversos setores de atuação.

O foco são as áreas de agronegócio, transformação digital, IoT, indústria 4.0 e inteligência artificial.

O Curitiba Connectory é o primeiro da América do Sul, mas outras localidades, como Chicago, Guadalajara, Londres, Stuttgart e Xangai, também contam com um espaço da Bosch dedicado ao compartilhamento de experiências e conhecimentos que reúne startups, instituições de ensino e empresas. 

Cada Connectory tem foco em demandas e estratégias específicas da região onde está inserido e conta com parcerias alinhadas aos objetivos locais.

Para Cris Alessi, presidente da Agência Curitiba, o espaço é mais um projeto importante para o Vale do Pinhão, movimento que faz parte do ecossistema de inovação da cidade.

Para este ano, a estratégia de expansão da Bosch Brasil passa pelos investimentos em inovação. Na América Latina, 3,5% do faturamento total da companhia vai para a área de Pesquisa e Desenvolvimento.