Ir para o conteúdo
Prefeitura Municipal de Curitiba Acessibilidade 156 Acesso à informação
Regional Boa Vista

Diversão e histórias da bruxa animam tarde de curitibinhas

Atividades do projeto Curitiba Brinca, promovido pela SMELJ para comemorar a semana da criança. Na imagem Crianças de escolas municipais brincam na Rua da Cidadania Boa Vista - Curitiba, 09/10/2019 - Foto: Daniel Castellano / SMCS

Comemorar a infância brincando. Foi assim que um grupo de 130 curitibinhas aproveitou a tarde desta quarta-feira (9/10), participando da programação do Curitiba Brinca, na Rua da Cidadania Boa Vista. A programação especial, com brincadeiras, contação de histórias, circuito de bicicletas, oficinas de dobraduras, cama elástica e brinquedos infláveis foi promovida pela Prefeitura de Curitiba.

O evento teve a participação de estudantes das turmas de 1º e 2º anos, das escolas municipais Erasmo Pilotto (Atuba), Kó Yamawaki (Bairro Alto), Santa Águeda (Santa Cândida) e Herley Mehl, no Pilarzinho, além de crianças da comunidade.

“Fizemos o convite e a cidade aderiu à proposta do Curitiba Brinca, atividade que valorizar o direito de brincar das nossas crianças”, disse a chefe do núcleo da educação na Regional Boa Vista, Michele Prado.

O vigilante, Flávio Vicichovski e a cabelereira, Juliana Vargas Vicichovski aproveitaram o dia de folga no trabalho para antecipar a comemoração do Dia das Crianças e participaram com a filha Caroline, 8 anos, da programação do Curitiba Brinca.

“É fundamental brincar com os filhos, como sábado estarei em serviço aproveitamos a atividade perto de casa para curtir com nossa filha”, contou Flávio. Para Caroline a participação do pais na tarde divertida valeu mais do que um presente. “Muito bom brincar com brinquedos legais, conhecer amigos e passear com a mamãe e o papai”, disse a menina.

Estações de brincadeiras

As atividades esportivas, artísticas e culturais foram organizadas em  um circuito com estações montadas na quadra de esporte, assim, todas as crianças puderam aproveitar todas as brincadeiras. Na Casa da Leitura Dario Velozzo, o grupo assistiu à contação de uma história de aventura feita pela Bruxa Guida, da Casa Encantada do Bosque Alemão.

A estudante da Escola Municipal Erasmo Pilotto, Mariana de Souza Gomes, 6 anos, gostou de brincar com os peões construídos com matérias reaproveitados. Discos de CD, tampas plásticas de garrafa e bolas de gude foram reutilizados, transformados em brinquedos de girar. “Vou chegar em casa e já fazer um desses para mim. É muito divertido de brincar”, contou a estudante.

Para Lucas Eduardo dos Santos, 6 anos, da Escola Municipal Santa Águeda, caprichou na produção para a tarde especial. Pintou os cabelos de verde para deixar claro que o dia de hoje era dedicado à fantasia e diversão. “Tem muita coisa bacana para brincar, mas aprender a fazer o come-come de papel foi bem legal”, disse o garoto após a oficina que ensino dobradura.

A coordenadora de projetos da Secretaria Municipal da Educação, Andréa Barleta destacou o ato de brincar como uma das maneiras mais naturais e divertidas de formar conhecimento. “É brincando que a criança constrói autonomia, reflexão e criatividade e o Curitiba Brinca foi planejado para que as crianças se integrassem e brincassem juntas”, disse Barleta.

Brinca Curitiba

O Curitiba Brinca surgiu com a integração das equipes do programa Linhas do Conhecimento em parceria com a Fundação Cultural de Curitiba, Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude, Guarda Municipal e as dez Administrações Regionais.

O objetivo é festejar a infância. Paralelamente às brincadeiras nas Ruas da Cidadania, as escolas municipais e os Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) têm programação especial para animar os curitibinhas.