Ir para o conteúdo
Prefeitura Municipal de Curitiba Acessibilidade Curitiba-Ouve 156 Acesso à informação
Combate à covid-19

Curitiba vacinou 114.711 pessoas contra a covid-19

Curitiba vacinou 114.711 pessoas contra a covid-19. Foto: Ricardo Marajó/SMCS

 

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Curitiba imunizou, até quarta-feira (17/3), 114.711 pessoas com a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus. Foram vacinados 61.120 idosos, 47.765 profissionais dos serviços de saúde da cidade (incluindo as equipes de vacinação), 5.753 moradores, funcionários e cuidadores de instituições de longa permanência e 73 indígenas.

Esta semana estão sendo atendidos por escalonamento os idosos com idade entre 78 e 76 anos. Nesta quinta-feira (18/3) estão sendo vacinadas pessoas de 76 anos completos, nascidas entre 1º de janeiro e 31 de dezembro. Também está sendo aplicada a primeira dose para profissionais de saúde que receberem agendamento pelo aplicativo Saúde Já.

Segunda dose

Em Curitiba, 47.484 pessoas receberam a segunda dose da vacina até quarta-feira (17/3). A vacinação com a segunda dose está sendo feita nas instituições de longa permanência e para os profissionais de saúde, indígenas e idosos.

Novas doses

A SMS recebeu, na manhã desta quinta-feira (18/3), 21.220 novas doses da vacina Sinovac repassadas pelo Governo do Estado. Do total, 18.220 serão destinadas à aplicação de primeira dose para idosos e três mil para trabalhadores da área da saúde. 

Até o momento, Curitiba recebeu do Ministério da Saúde, repassadas via Governo do Paraná, 139.710 doses de vacinas para serem usadas na primeira aplicação no público prioritário elencado pelo Plano Municipal de Imunização, sendo 43.680 do imunizante produzido pela Universidade de Oxford e pelo Laboratório AstraZeneca. As demais são doses da CoronaVac, produzidas pelo Instituto Butantan.

O município também recebeu 50.740 vacinas CoronaVac para aplicar a segunda dose em moradores e trabalhadores das instituições de longa permanência, indígenas e profissionais da saúde já imunizados com a primeira.