Ir para o conteúdo
Prefeitura Municipal de Curitiba Acessibilidade Curitiba-Ouve 156 Acesso à informação
Movimento em Casa

Aulas com atividades físicas on-line voltam a ser publicadas

Aula 68 de GAP com a profissional de Educação Física da SMELJ, Priscila Granato Razera. Foto: Divulgação

 

A Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude (Smelj) retomou, na manhã desta segunda-feira (6/7), as aulas on-line com atividades físicas publicadas na página do Facebook. Todas os exercícios são conduzidos e orientados por profissionais de Educação Física da Smelj.

Em razão da legislação eleitoral, a divulgação das aulas foi interrompida no dia 1º de julho. Como as eleições municipais foram adiadas para o dia 15 de novembro, por causa da pandemia causada pelo novo coronavírus, o prazo para uso das redes sociais institucionais da Prefeitura também foi estendido. 

A página do Facebook da Smelj deverá permanecer ativa até o dia 14 de agosto, quando sairá temporariamente do ar. 

Na manhã desta segunda-feira (6/7) foi publicada a aula de número 70 do Movimento em Casa. O profissional Fabiano Abreu passou uma série de exercícios para Treinamento Funcional. De segunda a sexta-feira, sempre às 9h30, um novo vídeo com atividades físicas é publicado no Facebook da Smelj.

Para todas idades

Para manter crianças, adolescentes, adultos e idosos fazendo exercícios em casa, a Smelj também criou os desafios do Esporte em Casa, para crianças e adolescentes matriculados no programa Escola + Esporte = 10 (EE10), nas terças e quintas à tarde, e o Brincando em Casa, que reúne brincadeiras e jogos para as famílias fazerem juntas aos fins de semana. 

Todo esse conteúdo digital também fica disponível no canal do YouTube Curitiba Mais Ativa, que a Smelj criou para organizar e disponibilizar todo o material produzido por professores e profissionais de Educação Física da secretaria. 

Audiência 

Desde que começaram, no dia 23 de março, as aulas on-line do Movimento em Casa já foram vistas por cerca de 250 mil pessoas. Quando são publicadas durante a semana pela manhã, a média de audiência é de 2,7 mil pessoas acompanhando ao vivo. Ao longo do dia, após o vídeo ficar disponível no Facebook e no YouTube, esse número sobe para 12 mil pessoas alcançadas por aula.