Registrar
Acesso à Informação
Pesquisar
Qua, 17/09/14
Tempo Hoje
maxima minima
26º
16º
Prefeitura Municipal de Curitiba

Saúde

Secretaria da Saúde abre inscrições para residência em Medicina da Família

13/02/2013 17:36:00
  • Compartilhe

Começam nesta quinta-feira (14) as inscrições para o processo seletivo para residência médica na especialidade Medicina da Família e Comunidade, cujo edital foi lançado na última sexta-feira (8) pela Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com Fundação Estatal de Atenção Especializada em Saúde de Curitiba (FEAES). As inscrições podem ser feitas até o dia 3 de março de 2013, no site da Prefeitura de Curitiba, pelo link: www.saude.curitiba.pr.gov.br

A ficha de inscrição, depois de corretamente preenchida, deve ser encaminhada para o e-mail residenciamfc@sms.curitiba.pr.gov.br. A inscrição é gratuita.

O processo é credenciado pelo Ministério da Educação e conta com o financiamento do Ministério da Saúde, por meio do Programa Pró-Residência. Serão ofertadas 20 vagas e o curso terá duração de dois anos, com início previsto para 28 de março deste ano.

O programa de residência instituído pela SMS tem como objetivo qualificar os médicos que assistem à área de atenção primária a saúde, que engloba as unidades de saúde, centros de especialidades e serviços de urgência e emergência. “São os primeiros locais procurados pela população em busca de ajuda. Por isso, os médicos têm que estar muito bem preparados e qualificados para um atendimento de qualidade aos usuários”, afirmou Marcela Dohms, coordenadora do programa.

O secretário municipal de Saúde, Adriano Massuda, destacou o ineditismo da ação dentro da área. “É algo histórico a SMS oferecer um programa de residência dentro de sua própria rede, utilizando sua estrutura de unidades de saúde e os profissionais de saúde”, disse.

A qualificação de profissionais na área de Medicina da Família e Comunidade se faz necessária em Curitiba já que a capital paranaense apresenta uma porcentagem baixa de médicos com esta especialização quando comparada com outros grandes centros do país. Neste contexto, cresce a importância da realização do processo seletivo que, inclusive, era uma das prioridades da atual gestão da SMS. “O lançamento deste edital faz parte de nosso projeto que busca o fortalecimento da atenção básica da saúde”, explicou Massuda.

 

  • Compartilhe