Registrar
Lei de Acesso à Informação
Prefeitura Municipal de Curitiba

Sem filas

Saúde Já Curitiba permite agendar atendimento em mais nove postos de saúde

10/05/2017 17:05:00
carregando
Rádio Prefeitura
Radio Prefeitura
Sonora: Daniela Tavares Monteiro

“Chegar ao posto de saúde antes das sete da manhã nunca mais, agora posso agendar.” A frase da dona de casa Daniela Tavares Monteiro, 31 anos, resume bem como o Saúde Já Curitiba, novo aplicativo da Prefeitura, começa a mudar a vida da população atendida nas unidades da Secretaria Municipal de Saúde. No começo da semana, Daniela baixou o aplicativo e agendou o primeiro atendimento no posto de saúde do São Braz.

Nesta quarta-feira (10/5), Daniela foi recebida, pontualmente, às 13h15, fez a triagem inicial e foi encaminhada para fazer uma consulta com clínico geral na próxima sexta-feira (12/5) pela manhã. “Tenho minha bebê de cinco meses, a Pietra, e estava difícil vir com o carrinho tão cedo. Agora não preciso mais ter este desconforto”, contou.    

Lançado em abril pelo prefeito Rafael Greca, na Regional Portão, o aplicativo Saúde Já Curitiba, que permite agendar o primeiro atendimento, acaba de ser ampliado para o posto de saúde do São Braz e outras oito unidades da Regional Santa Felicidade. São elas: Butiatuvinha, Campina do Siqueira e Santa Felicidade, nos bairros de mesmo nome; Bom Pastor (Vista Alegre); Nova Orleans (Orleans); Pinheiros (Santa Felicidade); Santos Andrade (Campo Comprido) e União das Vilas (São Braz). O primeiro atendimento é uma triagem obrigatória antes de qualquer consulta ou outro encaminhamento médico nos postos de saúde.

A cozinheira Glaci Vieira Machado, 61 anos, também aprovou a ampliação do uso do aplicativo para as unidades da Regional Santa Felicidade. Ela conta que baixou o Saúde Já Curitiba no fim de semana passado e também agendou para esta quarta-feira o primeiro atendimento no Posto de Saúde do São Braz. “Antes eu tinha que acordar muito cedo e vir para a fila. Às vezes chovia e não era nada agradável”, contou Glaci. “Com o aplicativo tudo ficou mais prático e fui bem atendida, inclusive, já estou indo embora com meu remédio”, salientou ela.

Para a chefe do Posto de Saúde do São Braz, Deisi Tortelli, o novo aplicativo vai melhorar em muito o atendimento para a população da região. “Conseguiremos reduzir as filas e dar mais conforto para as pessoas que buscam nossos profissionais da saúde”, avaliou.

Deisi conta que, normalmente, antes das sete horas da manhã já há cidadãos esperando por este primeiro atendimento. Ela lembra ainda que, para poder usar o aplicativo, o usuário precisa estar cadastrado na unidade mais perto de casa. “O CPF da pessoa será login e a data de nascimento a senha”, justificou.

A divulgação da ferramenta tem mobilizado funcionários da Prefeitura que estão continuamente junto à população. A agente comunitária de saúde Cecília Rigloski, que integra o grupo de 13 profissionais, está empolgada com a adesão dos moradores do São Braz à nova tecnologia. “No começo, as pessoas ficam meio tímidas. Mas a gente ensina a baixar e a usar e, rapidamente, elas ficam animadas. Tenho certeza que vai ser um sucesso”, observou.  

Primeira etapa

Durante testes em postos de saúde da Regional Portão, no mês passado, o Saúde Já Curitiba obteve aprovação dos usuários. A ferramenta vinha sendo usada nas unidades Estrela, Parolin, Santa Quitéria I e II e Guaíra, do Distrito Sanitário Portão, desde o dia 12 de abril. Até agora, teve 3.025 acessos.

Gisele Cristina Malinowski, 42 anos, moradora no Parolin, foi uma das usuárias que aproveitou a tecnologia. Ela soube da novidade pela imprensa e, em menos de 24 horas, baixou o app, escolheu o melhor dia e horário e foi atendida. Seu marido Jesiel Fontana, 45, aproveitou e também foi ao posto Parolin, monitorar a saúde. “É muito fácil e rápido”, comentou Gisele.

O aplicativo foi um compromisso de campanha do prefeito Rafael Greca. "É uma solução moderna e uma alternativa para um problema antigo da saúde: o deslocamento do usuário de madrugada para o posto de saúde, no frio, no vento e na chuva”, afirmou o prefeito, no lançamento.

Disponível para o sistema Android de smarthphones, o Saúde Já Curitiba também pode ser acessado via internet na página saudeja.curitiba.pr.gov.br, explicou Fabiano Machado, da Agência Curitiba, responsável pelo desenvolvimento da ferramenta. “Quem tem iPhone, por outro lado, pode usar o site que é responsivo”, acrescentou o especialista.   

Além disso, quem não se adapta às novas tecnologias pode agendar o primeiro atendimento no posto de saúde da forma convencional, pessoalmente ou por telefone. Caso haja necessidade, será marcada consulta médica ou feito o encaminhamento adequado, para exame ou atendimento com a equipe de enfermagem.

Este processo de atendimento faz parte do modelo de atenção básica adotado na saúde pública no Brasil, que racionaliza recursos e profissionais, para atender a população de maneira eficiente e suficiente. 

A abrangência do aplicativo será ampliada aos poucos, informa a Secretaria Municipal de Saúde. Por enquanto, mesmo na Regional Santa Felicidade, ele funciona em teste para que sejam verificados detalhes a serem aprimorados para o melhor atendimento ao usuário.

A previsão é que, até o ano que vem, esteja disponível para todos os 110 postos de saúde da capital.

 

Endereço
Av. Cândido de Abreu, 817 - Centro Cívico
CEP: 80.530-908 • Fone: (41) 3350-8484