Registrar
Acesso à informação
Prefeitura Municipal de Curitiba

Alimentação saudável

Sacolões da Prefeitura começam a receber hortifrútis de verão

26/11/2018 10:53:00

A proximidade do verão também marca a chegada de novos hortifrutigranjeiros nos Sacolões da Família da Prefeitura. A lista de produtos, que podem custar, no máximo, R$ 2,29 o quilo, ganha alimentos como pêssego, manga, melancia, mamão, ameixa, goiaba, nectarina, pimentão, chuchu, abobrinha verde e berinjela, que têm colheita neste período.

Formada por 15 unidades, a rede de Sacolões da Família é vinculada à Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (Smab) e segue a determinação do prefeito Rafael Greca de garantir à população de Curitiba maior acesso à alimentação saudável e de qualidade.

Nos próximos meses, outros alimentos in-natura de verão estarão disponíveis nas gôndolas dos pontos do programa, como abacate, pêra e banana. Além disso, hortaliças como alface, couve, acelga e rúcula, que não são mais castigadas pelas temperaturas baixas, começam a ter maior oferta neste período.

Pauta mínima

Responsável pelos sacolões da Prefeitura, a Smab criou uma “Pauta Mínima de Alimentos a R$ 2,29”, que garante um fornecimento uniforme de alimentos em todas as 15 unidades, administradas por comerciantes permissionários. Este preço máximo, que torna os sacolões mais baratos que o varejo, é conseguido com três medidas.

“Incentivamos os comerciantes a negociar preços com atacadistas, a comprar de agricultores da região para reduzir custo de frete e a priorizar produtos de safra. Assim, eles conseguem ampliar a oferta de alimentos com o valor máximo de R$ 2,29 o quilo”, explica Luiz Gusi, secretário municipal de Agricultura e Abastecimento (Smab).

No período de verão, 30 alimentos obrigatoriamente precisam estar na “pauta” (custar R$ 2,29 o quilo). Fazem parte da lista: abóbora, abobrinha verde, berinjela, chuchu, pimentão, pepino, tomate, batata, batata doce, cebola, cenoura e beterraba.

No caso das chamadas folhosas (alface e rúcula, por exemplo), no mínimo três espécies diferentes. Entre as frutas, uma espécie de cada subgrupo (formado por abacaxi, abacate, banana, carambola, goiaba, mamão, manga, melancia, melão, maça, pêra e fruta de caroço) precisa ter o preço único. Se forem frutas cítricas, no mínimo duas espécies precisam custar R$ 2,29.

Os endereços das 15 unidades do programa Sacolão da Família estão neste link.

Endereço
Av. Cândido de Abreu, 817 - Centro Cívico
CEP: 80.530-908 • Fone: (41) 3350-8484