Registrar
Lei de Acesso à Informação
Prefeitura Municipal de Curitiba

Empreendedorismo

Renovada com o Vale do Pinhão, Agência Curitiba comemora dez anos

18/12/2017 17:00:00

Retomada de programas de empreendedorismo paralisados pela administração anterior, apoio à escolha da capital como primeira cidade brasileira sede do Smart City Expo em 2018, adesão do município ao conceito Fab City que recolocou Curitiba na vanguarda na inovação urbana e, principalmente, a criação do Vale do Pinhão.

A Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação comemora 10 anos, nesta terça-feira (19/12), renovada e agora voltada para o empreendedorismo com inovação. “Há dez anos, o então prefeito Beto Richa criou esta empresa de economia mista voltada ao apoio aos micro e pequenos empreendedores. Na gestão do prefeito Rafael Greca, a agência se volta para o futuro, unindo empreendedorismo, criatividade, colaboração, ciência, cultura e tecnologia”, destaca o presidente da agência curitibana, Frederico Augusto Munhoz da Rocha Lacerda.

Idealizado por Greca, o Vale do Pinhão é um programa da Agência Curitiba que contempla uma série de ações integradas de incentivo à tecnologia, revitalização de regiões com emprego e renda, criação de novas empresas (startups) e educação voltada à cultura da inovação.

“O Vale do Pinhão é um grande ecossistema de incentivo à inovação. Dentro deste ambiente, o papel da Prefeitura é estimular empreendedores, startups, universidades, investidores, grandes empresas e o terceiro setor a atuarem em conjunto para fortalecer o desenvolvimento de negócios inovadores na capital, principalmente, na área de economia criativa e tecnologia”, explica Frederico. O nome do projeto é uma alusão ao Vale do Silício, região no estado da Califórnia (EUA), que é sede de empresas como Google, Facebook e Apple.

O coração do Vale do Pinhão é o Engenho da Inovação (antigo Moinho Rebouças), no bairro do Rebouças, que se transformou em um moderno espaço para estimular a inovação e a criação de novas empresas, através de uma agenda ativa e qualificada de ações, como o programa “Curitiba, Cidade das Startups”, lançado este ano, que fomentam o networking e a qualificação profissional.

O local, que ocupa uma área de 1,6 mil metros quadrados e é sede da Agência Curitiba, já recebeu este ano mais de 46 eventos voltados à inovação, como palestras, debates, feiras, workshops, experimentações de novas tecnologias e conferências internacionais. Confira toda a programação de eventos e como se inscrever no programa para startups no site www.valedopinhao.agenciacuritiba.com.br.

 Revitalização

Com a inauguração do Engenho da Inovação, a Agência Curitiba também vem incentivando a união de forças do poder público, da iniciativa privada e do terceiro setor para a atração de empresas e reocupação das regiões que, geograficamente, integram o Vale do Pinhão. Desde o começo do ano, ações concretas estão buscando estimular a revitalização dos bairros Rebouças e Prado Velho, principalmente, a antiga área industrial da região, que está com vários imóveis vazios.  

O Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), por exemplo, já delimitou e desenvolveu um projeto urbanístico para a região do Vale o Pinhão, que prevê escritórios compartilhados, startups e até moradias sociais entre as avenidas Marechal Floriano Peixoto e Sete de Setembro, a Linha Verde e o Rio Belém. Também com apoio da Prefeitura, o movimento Reação Urbana, iniciativa da Oscip Reurb e da Haus da Gazeta do Povo, está mapeando e promovendo debates e palestras para revitalização urbana das regiões próximas.

Para dar respaldo a todas essas ações de estímulo à inovação e reocupação de regiões, a Prefeitura aderiu este ano, através da Agência Curitiba, ao conceito internacional Fab Cities, criado pelo Instituto de Arquitetura Avançada da Catalunha (IAAC), o Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), a prefeitura de Barcelona e a Fab Foundation.

Smart City

O ano de 2018 começará com os olhos do mundo voltados para a capital do Paraná, que será sede do Smart City Expo Curitiba 2018, edição brasileira do evento que ocorre anualmente em Barcelona (Espanha). Maior evento de cidades inteligentes do mundo, o Smart City será realizado, entre 28 de fevereiro e 1º de março, no Expo Renault Barigui, e deverá trazer cerca de 8 mil pessoas para a capital.  

“Fizemos um trabalho para recuperação da Agência Curitiba e, com a criação do Vale do Pinhão, a articulação com diversos atores da inovação para fomentar o ecossistema e desenvolver o ambiente de inovação na cidade. Um dos resultados práticos é a escolha da capital como sede da Smart City Expo”, afirma Frederico.

 

Inovação

Desde o início da gestão do prefeito Rafael Greca, programas e serviços já oferecidos pela Agência Curitiba também estão passando por renovação, agora com ênfase em inovação e economia criativa. Nos sete Espaços do Empreendedor (Boa Vista, Boqueirão, Cajuru, CIC, Fazentinha/Portão, Pinheirinho e Santa Felicidade), localizados nas Ruas da Cidadania, quem busca orientação para se tornar um Microempreendedor Individual (MEI) ou abrir uma microempresa recebe, além de orientações sobre constituição de empresa, um convite para participar de consultorias voltadas ao empreendedorismo e à inovação. As orientações são dadas em parceria com o Sebrae. Nos espaços também é possível ter informações sobre economia criativa, como a feita em outubro deste ano na área de design.

“Naquele mês, foram cerca de 3,7 mil pessoas que procuraram os Espaços do Empreendedor para ter este tipo de consultoria criativa”, recorda Frederico. Ao todo, 125 mil atendimentos foram realizados este ano nos Espaços do Empreendedor.

Antigos programas da Agência Curitiba, paralisados pela administração anterior, também estão sendo retomados, mas com foco em inovação. Nesta quarta-feira (20/12), a primeira turma do reformulado Bom Negócio recebe os certificados de conclusão.

Desativado em 2012, o programa de capacitação nos bairros agora tem aulas presenciais e à distância em parceria com a Unicesumar. “São dez novos empreendedores que foram capacitados, durante quatro semanas, a enfrentar seus mercados com criatividade e inovação”, frisa o presidente a Agência Curitiba.  Em 2018, será a vez do programa Curitiba TecnoParque ser reativado para dar apoio a pesquisa e desenvolvimento a empresas de alta tecnologia.  

 

Outras ações desenvolvidas neste ano pela Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação:

- Enviada à Câmara em novembro deste ano, a Lei de Incentivo à Inovação prevê a criação do Fundo Municipal de Inovação, a fim gerar financiamentos e dos instrumentos de construção do ecossistema de inovação na cidade. Este item será objeto de lei específica.

- 40 missões internacionais (governos, empresas e agências de fomento), de países como Inglaterra, Espanha e França, visitaram a Agência Curitiba e conheceram o projeto Vale do Pinhão.

- Agência Curitiba assinou este ano um termo de cooperação com o Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade (IBQP) para fazer um diagnóstico tecnológico da cidade e colaborar na implementação de soluções inovadoras.

Endereço
Av. Cândido de Abreu, 817 - Centro Cívico
CEP: 80.530-908 • Fone: (41) 3350-8484